Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

SÉRIE B

Embalado, técnico do Náutico visa confronto contra o Brusque: " muito difícil, mas com características diferentes"

Líder isolado, o Náutico inicia as preparações em busca da sua nona vitória na Série B do Campeonato Brasileiro

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 22/07/2021 às 12:32
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Jogo entre o Náutico (PE) e o Brasil (RS). Partida valida pelo Campeonato Brasileiro Série B , realizada no Estádio no estádio dos Aflitos, em Recife (PE), na neste sábado, 21 de julho de 2021. - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

De olho no próximo adversário do sábado (24), o Náutico terá poucos dias de preparação para a partida contra o Brusque, em jogo válido pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Após passar por um duro jogo contra o Brasil-RS nessa quarta-feira (21) e sair com a vitória por 2x1, nos Aflitos, o técnico Hélio dos Anjos afirmou que o Brusque será um adversário que irá impôr o mesmo nível de dificuldade, mas com características distintas ao clube de Pelotas/RS.

"O Brusque é um time com características bem diferentes dessa proposta do jogo que o Brasil teve aqui, hoje (quarta-feira). Nós sabemos que cada time tem a sua característica. O Brusque é um time mais leve, time que sai mais para o jogo, até com alguma semelhança da nossa equipe. Vai ser um jogo como foi o de hoje, muito difícil, mas com características diferentes. E nos vamos nos preparar bem para esse jogo", ressaltou o treinador do Timbu.

Líder da Série B com 29 pontos somados, o Náutico segue construindo a maior sequência invicta da competição com 13 jogos sem derrotas. E uma das grandes responsáveis é o setor ofensivo, que já marcou 22 gols nesta edição da Segundona. É o melhor ataque da Série B, empatado com o Guarani.

Mesmo com dois gols marcados, o ataque alvirrubro saiu na bronca com Hélio dos Anjos, já que o Brasil-RS, em muitos momentos, recuou sua linha defensiva para dentro da área do goleiro e o Náutico não conseguiu ampliar o marcador tendo a posse da bola no campo de ataque.

"Eles (o Brasil-RS) entravam até mesmo para dentro da pequena área. E nós não estávamos com os passes precisos e com as ações precisas. O adversário propiciou que a gente chutasse muito a gol de dentro da grande área deles e, em alguns momentos, nós optamos por outra situação", disse o técnico.

"Eu acredito que um time que teve a quantidade de ações, dentro da grande área do adversário, não pode fazer apenas dois gols. Mas esses dois gols nos colocou hoje, novamente, como o melhor ataque da competição. E isso mostra que a ofensividade da equipe, independente de um dia não tão bom, ela definiu, naturalmente, o resultado de uma forma brilhante", completou Hélio dos Anjos.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O NÁUTICO

Comentários

Últimas notícias