Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

Ambiente

Ari Barros nega caso de indisciplina no Náutico em momento negativo na temporada

Marcelo Chamusca foi contratado para substituir Hélio dos Anjos no Timbu

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 23/08/2021 às 6:14
TIAGO CALDAS/NÁUTICO
Ari Barros é o executivo de futebol do Náutico desde o começo da temporada - FOTO: TIAGO CALDAS/NÁUTICO
Leitura:

Sem vencer há seis jogos, um empate e cinco derrotas, o Náutico vive um momento delicado na Série B do Campeonato Brasileiro. Recentemente, além da troca no comando, houve especulações de desentendimentos entre os jogadores no vestiário. O que foi prontamente negado pelo executivo de futebol Ari Barros. Em entrevista ao Blog do Torcedor, ele disse que não existiu nenhum acontecimento do tipo e que não passa de factoide externo.

LEIA MAIS

Marcelo Chamusca revela porque escolheu ir para o Náutico

Executivo de futebol prega cautela com momento do Náutico: "Futebol não é igual a receita de bolo"

"Não podemos ficar olhando pelo retrovisor", afirma executivo do Náutico sobre saída de Hélio dos Anjos

Marcelo Chamusca avalia números do Náutico e faz projeções otimistas; confira

Irmão de Kieza reforça as categorias de base do Náutico; veja

"Não foi a primeira vez que me perguntaram sobre isso (indisciplina). Às vezes, fico chateado, quando existe uns levantamentos de coisas que não existem. Nunca houve falta de indisciplina, apenas cobrança normal. Igual Vinícius cobrou do Rhaldney no último jogo, que levantasse logo, isso para não perder nenhum jogador. Não é uma cobrança. É um "bora, bora, vamos", afirmou o dirigente.

"Não existiu nenhuma discussão ou briga. O que eles fazem é puxar um ao outro. O que acontece até ganhando. Coisas do futebol. Indisciplina, briga ou discussão não existiu. Se tiver que acontecer, aconteça. Mas não posso dizer que aconteceu uma coisa que não aconteceu. Foram cinco derrotas, não é simples, mas ainda estamos há uma vitória de voltar para o G-4", completou o executivo.

Ari Barros ainda enalteceu a qualidade do elenco do Náutico. Ele pregou com cautela a queda de rendimento e oscilação na Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta terça-feira, o Timbu fecha a 20ª rodada da Segundona, contra o CSA, às 21h30, no estádio Rei Pelé. Três pontos separam o time alvirrubro, que é o sétimo colocado com 30 pontos, do G-4.

"São jogadores que atingiram uma grande performance e por isso existe essa cobrança. Conseguimos um desempenho avassalador no começo desta temporada. Não era porque estava ganhando, que estava tudo certo. Do mesmo jeito, agora, porque está perdendo, não está tudo errado. Os jogadores não desaprenderam a jogar e existe uma cobrança interna muito grande, o que não seria diferente. Eles se cobram de uma maneira muito forte", disse o diretor remunerado.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O NÁUTICO

Comentários

Últimas notícias