Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Retorno

Veja quais times poderão receber público na próxima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

O presidente do Náutico cobra a liberação do público nos estádios de Pernambuco e diz haver incoerência por parte do Governo do Estado

Cássio Oliveira
Cássio Oliveira
Publicado em 19/09/2021 às 13:57
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
O Náutico está entre os poucos clubes da Série B que não poderão ter público nos estádios - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

Na última nesta sexta-feira (17), o Conselho Técnico da CBF realizado com os 20 clubes da Série B definiu o retorno de público em jogos da competição.

O combinado foi que os jogos com público ocorram apenas em cidades com decretos que permitem torcedores nos estádios.

Assim, 14 times têm a possibilidade de realizar jogos em casa com sua torcida - algo que o Cruzeiro já fez após liminar do STJD.

A lista de cidades liberadas tem Aracaju (Confiança), Belo Horizonte (Cruzeiro), Belém (Remo), Brusque (Brusque), Curitiba (Coritiba), Florianópolis (Avaí), Goiânia (Goiás e Vila Nova), Londrina (Londrina), Pelotas (Brasil), Ponta Grossa (Operário), Rio de Janeiro (Botafogo e Vasco) e São Luís (Sampaio Corrêa).

Por outro lado, seis clubes, entre eles o Náutico, permanecem mandando jogos sem público: CRB e CSA, de Maceió, Guarani e Ponte Preta, de Campinas, Náutico, do Recife, e Vitória, de Salvador.

O presidente do Náutico, Edno Melo, disse que tentará sensibilizar o Governo de Pernambuco para que seja liberado o acesso dos torcedores seguindo protocolos de proteção à covid-19. Ele diz haver incoerência da gestão estadual.

"Maceió assina decreto na segunda-feira, liberando jogos. Vai ficar proibido apenas em Campinas, Salvador e no Recife. Vamos tentar sensibilizar o Governo do Estado, mas não entendo por que existe liberação de público de até 1200 pessoas em ambiente fechado, eventos shows, e não podemos sequer as levar 1200 no estádio de futebol, aberto, onde todos são vacinados, testados. É muita incoerência. Sou defensor de cumprir protocolo à risca, não queremos colocar nada nem ninguém em risco, mas é injusto ver ramos de atividade voltando e o futebol que serve boi de piranha para justificar alguma coisa", disse  Edno em entrevista à CBN.

De acordo com o presidente, há uma discussão para que o público volte aos estádios de Pernambuco em novembro, mas ele critica, pois o Náutico, por exemplo, terá apenas três jogos neste mês. Edno explicou, ainda, que há o passaporte da vacina, que os torcedores precisariam tomas as duas doses e seguir protocolos para acesso ao estádio. "Não é colocar as pessoas de todo jeito".

Público

O Vasco da Gama informou que obteve autorização junto à Prefeitura do Rio de Janeiro e o estádio de São Januário receberá torcida já neste domingo, no jogo do Cruz-Maltino contra o Cruzeiro, abrindo a 25ª rodada da Série B. 

por sua vez, o Cruzeiro obteve liminar do Superior Tribunal de Justiça que o autorizava a ter público e já mandou dois jogos com torcida - a prefeitura de Belo Horizonte permitiu. Até o momento, a equipe foi a única a jogar com torcida na competição.

Comentários

Últimas notícias