Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

SÉRIE A

Sport tropeça para o Fortaleza e chega a oito jogos sem vencer no Brasileirão

Líder da Série A, o Sport ainda não venceu nenhum jogo sob o comando de Gustavo Florentín

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 26/09/2021 às 20:13 | Atualizado em 08/04/2022 às 17:55
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
O Sport voltou a tropeçar como líder da Série A do Campeonato Brasileiro e chegou a oito partidas seguidas sem vencer - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

Em noite de muita chuva em São Lourenço da Mata, neste domingo (26), o Sport voltou a tropeçar como mandante na Série A do Campeonato Brasileiro e chegou a oito partidas seguidas sem vencer.

Ainda sem marcar gols desde o dia 6 de agosto, o Leão da Ilha foi derrotado pelo Fortaleza por 1x0, na Arena de Pernambuco, em jogo válido pela 22ª rodada da Primeirona.

O zagueiro Benevenuto foi o autor do gol tricolor.

Já são quase dois meses que o Sport não marca um gol na Série A. A última vez foi diante do Bahia, na vitória por 1x0 com gol de Mikael.

Foi, também, o último resultado positivo do clube rubro-negro na competição. Como mandante, os números preocupam ainda mais, já que a última vitória no Recife foi na quarta rodada, diante do Grêmio.

Além disso, o Leão da Ilha ainda não venceu sob o comando do técnico Gustavo Florentín, que fez seu quarto jogo à frente do clube pernambucano.

Ainda na 19ª colocação com apenas 17 pontos somados, o Sport perdeu a chance de se reaproximar do lado de fora do Z4. Caso vencesse, estaria a quatro pontos do Santos, atual 16º colocado com 24 pontos.

O Sport volta a campo no próximo domingo (3) diante do Grêmio, dessa vez como visitante, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS.

No último confronto entre as equipes, o Leão da Ilha venceu por 1x0. A bola irá rolar às 20h30.

Para o confronto, o Rubro-Negro não poderá contar com o meia Zé Welison, que recebeu o terceiro cartão amarelo na partida contra o Fortaleza e terá que cumprir suspensão no próximo domingo

 

O Jogo

A partida começou marcada pelo confronto entre técnicos estrangeiros. O Sport, do paraguaio Gustavo Florentín, iniciou a partida propondo o jogo, mas foi o Fortaleza, do argentino Juan Pablo Vojvoda, que conseguiu ter maior domínio da bola na primeira metade do primeiro tempo.

Até cerca de 20 minutos, apenas o Leão do Pici atacava, enquanto o técnico Florentín cobrava a marcação alta dos atletas do Sport.

Depois dos primeiros 20 minutos, a maré acabou virando para o Sport, que chegou com perigo algumas vezes com Zé Welison, Hernanes e André.

Esse último, inclusive, chegou a ficar frente a frente com o goleiro pela ponta direita da pequena área duas vezes, mas optou por tocar para algum companheiro melhor posicionado e desperciçando as chances.

A chance perdida do Sport acabou sendo cobrada pelo Fortaleza aos 32 minutos, com uma cobrança de escanteio teleguiada para a cabeça do zagueiro Benevenuto, que colocou a bola no fundo das redes deixando o goleiro Maílson sem reação e abrindo o placar para o tricolor cearense.

ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Jogo entre Sport (PE) e Fortaleza (CE) em partida válida pelo campeonato brasileiro de futebol da série A 2021 - ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM

Segundo tempo

O Sport jogou para frente no início da segunda etapa. Chegou a receber algumas faltas na entrada da grande área, mas sem muito sucesso nas cobranças.

Enquanto isso, o Fortaleza investia na velocidade de Romarinho e Lucas Crispim para jogar no contra-ataque e pegar a defesa do Leão rubro-negro desprevinida.

As mexidas de Florentín e Vojvoda acabaram sendo opostas. O Sport passou a atacar com dois centro-avantes, após a entrada de Mikael no lugar de Everaldo, além de ter optado em ter colocado Luciano Juba no lugar de Sander.

No Fortaleza, Ronald acabou entrando no lugar de Lucas Lima e a dupla de atacantes Robson e Romarinho acabou sendo substituída por Edinho e Henríquez para manter a velocidade no contra-ataque.

Ambas equipes mantiveram a tática desde o início do jogo. O Sport acabou dominando a posse da bola e pressionando o Leão do Pici, que conseguia se proteger bem e tentava explorar os espaços que a zaga rubro-negra deixava.

FICHA DO JOGO: SPORT 0 X 1 FORTALEZA

Sport: Mailson; Hayner (Ewerthon), Sabino, Pedro Henrique e Sander (Luciano Juba); Marcão, Hernanes (Everton Felipe) e Zé Welison; Everaldo (Mikael), Paulinho Moccelin (Gustavo) e André. Técnico: Gustavo Florentín.

Fortaleza: Felipe Alves; Tinga, Benevenuto e Titi; Éderson, Felipe (Matheus Jussa), Lucas Lima (Ronald), Lucas Crispim e Yago Pikachu; Robson (Edinho) e Romarinho (Henríquez). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Local: Arena de Pernambuco - São Lourenço da Mata, Pernambuco.

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ).

Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Lilian da Silva Fernandes Bruno (ambos do RJ).

Gols: Benevenuto aos 32 minutos do 1º tempo (F).

Cartões amarelos: Hernanes, Sabino, Pedro Henrique, Zé Welison (S); Felipe, Lucas Crispim (F).

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SPORT

Comentários

Últimas notícias