Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

AFLITOS

Hélio dos Anjos comemora volta do Náutico aos Aflitos com a presença da torcida: "Sonho realizado"

Desde sua primeira chegada no clube, no ano passado, treinador não havia comandado o Timbu com presença dos torcedores

Marcelo Cavalcante
Marcelo Cavalcante
Publicado em 04/10/2021 às 18:22
Notícia
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Técnico Hélio dos Anjos, do Náutico - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

O fim do jejum de vitórias do Náutico deu um alívio danado para os alvirrubros. Por mais que tenha causado ansiedade na torcida e deixado o sinal de alerta ligado em relação ao risco de rebaixamento, o triunfo sobre o Operário-PR, por 2x1, de virada, fora de casa, aconteceu num momento importante. Para a partida contra o Goiás, nesta terça-feira (05), o astral entre os atletas é positivo. Afinal, além dos três pontos conquistados, o Timbu terá o reencontro com a torcida em pleno estádio dos Aflitos. 

O cenário deixa o técnico Hélio dos Anjos confiante em ver uma retomada do Náutico na Série B. Na entrevista coletiva para a imprensa, o treinador diz que jogar diante da torcida alvirrubra é um sonho realizado. "Só de saber que teremos mais de duas mil pessoas num estádio emblemático, eu tô feliz. Vai trazer uma reação positiva e é uma preocupação para os adversários", comemora o treinador. 

A alegria de Hélio dos Anjos não é à toa. Na Série B deste ano, o Timbu conseguiu cinco vitórias,  cinco empates e três derrotas (o quarto revés do Alvirrubro no Recife, diante do CRB-AL, foi realizado na Arena de Pernambuco).  Para completar seu otimismo, o técnico terá a volta de Jean Carlos, após cumprir suspensão diante do Operário-PR. 

"A volta de Jean Carlos representa números altíssimos de aproveitamento na sua função. É algo a mais na equipe. Teremos ser mais equilibrados nos dois tempos com a mesma qualidade em relação ao jogo anterior. O adversário é complicado. Sabe jogar fora de casa em relação a postura tática. Precisamos ter dois tempos homogêneos para continuar recuperando na competição", afirmou. 

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O NÁUTICO

Comentários

Últimas notícias