Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

RETOMADA ALVIRRUBRA

De virada outra vez! Jogando nos Aflitos e com torcida, Náutico vence o Goiás

O Náutico conseguiu sua segunda vitória seguida

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 05/10/2021 às 23:34
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
O Náutico vem de três vitórias seguidas na Série B - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

O Náutico finalmente teve um reencontro em grande estilo com a torcida alvirrubra, no estádio dos Aflitos. Na noite desta terça-feira (5), o Timbu venceu o Goiás de virada, por 3x2, pela 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O alvirrubro saiu atrás no placar, mas assim como foi contra o Operário, na rodada passada, conseguiu o empate e a virada. Os gols do Náutico foram marcados por Caio Dantas, Matheus Jesus e Camutanga e os do Goiás por Alef Manga e Dadá Belmonte. 

>> Emoção, felicidade e irregularidades: veja como foi a volta da torcida do Náutico aos Aflitos no jogo contra o Goiás pela Série B

>> Ricardo Marques Ribeiro, árbitro de Náutico x Goiás, fala sobre agressão a juiz no Rio Grande do Sul

>> Torcida alvirrubra esgota ingressos para Náutico x Goiás

O Náutico já tinha jogado como mandante e com a presença da torcida, na semana passada, no que foi o primeiro jogo com público no Estado. No entanto, a partida aconteceu na Arena de Pernambuco, onde o Timbu perdeu para o CRB por 3x1, diante de um tímido público com pouco mais de 600 pessoas presentes.  

Com a vitória, o Timbu chegou a 41 pontos e segue em 9º lugar. No entanto, a rodada acabou de começar e o Náutico pode ser ultrapassado pelo Remo, que tem 38 pontos, está em 10º e enfrenta o Vila Nova, na sexta-feira (8), às 19h. 

O jogo 

O Náutico começou a partida agressivo e logo aos dois minutos teve boa chance. Vinícius finalizou, mas a bola bateu no travessão. No minuto seguinte, foi a vez de Jailson finalizar para Tadeu fazer uma defesa incrível. Apesar do começo intenso do alvirrubro, foi o Goiás que acertou o gol primeiro. Aos 7 minutos, Alef Manga aproveitou um erro de Rafael Ribeiro na saída de bola, avançou para o ataque e abriu o placar no estádio dos Aflitos. 

O Timbu não se deixou abater pela desvantagem no placar. Seguiu insistindo. Até que aos 23 minutos, Júnior Tavares e Caio Dantas reeditaram a parceria que garantiu o gol da virada contra o Operário, na 28ª rodada. Outra vez, Júnior Tavares cruzou e Caio Dantas cabeceou, empatando o jogo. Depois do gol, o Náutico, que já vinha bem no jogo, buscou a virada com vontade. E conseguiu. 

ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
ATACANTE Caio Dantas, que parece ter encontrado o caminho das redes, fez o gol que abriu o caminho da vitória do Náutico sobre o Goiás - ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM

Aos 28 minutos, o volante Matheus Jesus chutou para o gol, Tadeu defendeu, mas Vinícius aproveitou o rebote e devolveu para Matheus fazer o segundo do Timbu, o primeiro dele pelo Náutico. Matheus Jesus chegou ao clube na semana passada e estreou rapidamente. Tanto que só teve a oportunidade de fazer um treino antes da sua estreia, que aconteceu contra o Operário. 

Depois de virar o jogo, o Náutico não diminuiu o ritmo. Nem o Goiás, que teve fortes investidas no ataque, consagrando o goleiro Anderson como o responsável por garantir a vantagem dos donos da casa no placar. A partida foi para o intervalo com vitória parcial do Timbu, por 2x1. 

Para o segundo tempo, Hélio dos Anjos trocou o zagueiro Rafael Ribeiro por Yago, ainda no intervalo e esta foi a única mudança da equipe para recomeçar o jogo. O Náutico manteve o ritmo que imprimiu na primeira etapa. Como consequência, Jean Carlos teve a primeira boa chance aos seis minutos da segunda etapa. Ele recebeu a bola pelo lado esquerdo do ataque, finalizou e marcou, mas o assistente viu impedimento na jogada e não validou o gol. 

Mesmo assim a noite era do Timbu. Aos 16 minutos, Welliton, do Goiás, driblou o goleiro Anderson e bateu rasteiro, mas Camutanga salvou. Praticamente um "gol" do zagueiro alvirrubro. Mas foi aos 28 minutos que Camutanga, de fato, marcou. Depois de recebeu um cruzamento de Vinícius, o zagueiro mandou a bola para o fundo das redes de Tadeu, marcando 3x1 no placar para o Náutico. 

Em um momento de queda de produção do alvirrubro, o Goiás continuou buscando reverter o cenário. Já aos 41 minutos, o Esmeraldino botou fogo no jogo. Artur cruzou na medida para Dadá Belmonte cabecear e marcar o segundo dos visitantes na partida, deixando placar apertado e o jogo em aberto. 

O árbitro Ricardo Marques Ribeiro deu sete minutos de acréscimos na partida, mas nada mudou no placar até o apito final e o Náutico conseguiu garantir sua segunda vitória seguida. 

Ficha do jogo:

Náutico - Anderson; Hereda (Jeferson), Rafael Ribeiro (Yago), Camutanga e Júnior Tavares; Rhaldney, Matheus Jesus e Jean Carlos; Jailson, Caio Dantas e Vinícius. Técnico: Hélio dos Anjos.

Goiás - Tadeu; Ivan (Caio), David Duarte, Reynaldo e Artur; Fellipe Bastos, Dieguinho, Elvis e Luan Dias; Nicolas (Welliton) e Alef Manga. Técnico: Marcelo Cabo.

Local: estádio dos Aflitos, Recife-PE. 

Horário: 21h30.

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG).

Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira e Celso Luiz da Silva (ambos de MG).

Gol: Alef Manga (Goiás), aos 7 minutos do primeiro tempo; Caio Dantas (Náutico), aos 23 minutos do primeiro tempo; Matheus Jesus (Náutico), aos 28 minutos do primeiro tempo; Camutanga (Náutico), aos 28 minutos do segundo tempo; Dadá Belmonte (Goiás), aos 41 minutos do segundo tempo; 

Cartões amarelos: Vinícius (Náutico); Rafael Ribeiro (Náutico); Rhaldney (Náutico); Júnior Tavares (Náutico); Elvis (Goiás); Jailson (Náutico); Jeferson (Náutico); 

 

ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
ATACANTE Caio Dantas está rindo à toa após marcar dois gols nos últimos jogos do Náutico - FOTO:ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM

Comentários

Últimas notícias