Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

Política

Depois de defender governo Bolsonaro, Romário manda resposta para Haddad nas redes sociais

Troca de críticas entre Romário e Haddad foi feita por meio de postagens nas redes sociais

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 13/10/2021 às 17:25 | Atualizado em 17/03/2022 às 15:44
REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Romário postou resposta à Haddad em suas redes sociais. - FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Leitura:

Ex-jogador de futebol e agora Senador pelo estado do Rio de Janeiro, Romário (PL-RJ) voltou a chamar atenção nesta quarta-feira (13), isso porque, na semana passada, ele reforçou seu apoio ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

O ex-ministro da Educação e candidato à presidência pelo Partido dos Trabalhadores (PT) nas eleições de 2018, Fernando Haddad (PT-SP), fez uma postagem criticando o posicionamento de Romário. O Baixinho, por sua vez, respondeu Haddad.  

Romário defendeu o governo Bolsonaro durante uma entrevista ao canal do YouTube "Cara a Tapa".

''Eu faço parte de um partido que, hoje, é Bolsonaro. Eu acho que o Bolsonaro é um presidente que tem feito coisas positivas para o nosso país".

"Erra em alguns momentos, principalmente com a pandemia. Deixou de ter algumas ações, falou algumas coisas que poderia não ter falado'', afirmou na ocasião. 

Em virtude do dia das crianças, na última terça-feira (12), Fernando Haddad lembrou a criação de um programa para a inclusão de crianças com deficiência quando era ministro da Educação (de 2005 a 2012, nos governos Lula e Dilma).

Ele disse que "é duro ver o pai de uma delas apoiar um governo que essas crianças atrapalham".

Mesmo sem citar Romário, entendeu-se que a declaração era direcionada ao Baixinho, que é pai de Ivy Faria, portadora da Síndrome de Down.

Haddad se referiu à declaração feita por Bolsonaro, em janeiro deste ano, afirmando em fala a apoiadores no Palácio do Planalto, que a educação inclusiva "nivela por baixo" e que a presença de alunos com e sem deficiência na mesma classe prejudica toda a turma.

Além disso, o próprio Romário respondeu Haddad e disse ser muito grato ao ex-ministro pelo programa BPC na Escola.

"Agradeço como pai de uma adolescente com Síndrome de Down e como um senador que luta pelo direito das pessoas com deficiência".

"Mas isso não me impede de dizer que o país estava assolado pela corrupção e que, agora, o país está melhor em relação a isso", escreveu. 

Romário, porém, ponderou que isso não o impede de criticar o atual governo, como já o fez em outras oportunidades. 

 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Romário Faria (@romariofaria)

 

Comentários

Últimas notícias