Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

Sensação

Quem é o agente de Raphinha? Veja quem descobriu o atacante no Brasil e levou para Europa

O atacante Raphinha é a nova sensação da seleção brasileira

Vinícius Barros
Vinícius Barros
Publicado em 15/10/2021 às 10:44
AFP
Raphinha recebeu a primeira chance como titular do Brasil diante do Uruguai. - FOTO: AFP
Leitura:

O atacante Raphinha é a nova sensação da seleção brasileira. Convocado por Tite para a rodada tripla das Eliminatórias, ele entrou no segundo tempo contra Venezuela e Colômbia e virou titular contra o Uruguai, posto do qual não deve sair após a bela apresentação contra a Celeste, em Manaus. O jogador do Leeds marcou dois gols na vitória por 4x1. Antes de estourar pela Canarinho, o atleta de 24 anos atuou pelo futebol português, no Vitória de Guimarães e Sporting, além do Rennes, da França.

>>Raphinha merece ser titular da seleção brasileira? Veja os números do atacante contra o Uruguai

Mas no início da carreira, ele foi descoberto por um craque brasileiro naturalizado português: Deco. Em entrevista ao GE, o ex-jogador relembrou o começo da trajetória do atacante do Brasil.

"O Raphinha já vinha de um projeto do Imbituba, em Santa Catarina. Daí levamos ele para o Avaí. Na verdade, esse projeto era de um rapaz que trabalha com a gente, o João Paulo. A gente sabia que o Raphinha tinha qualidade, como outros jogadores, mas o que me impressionou mesmo foi na Taça São Paulo, quando o vi jogando de perto. O que mais me impressionou foi a capacidade de ele jogar pelo lado do campo, a profundidade, o 1x1 forte, já fazia um trabalho defensivo que não era muito normal para jogadores do Brasil. Ele tinha características de jogadores da Europa", explicou.

Após marcar duas vezes, o camisa 19 comemorou o desempenho em sua primeira apresentação como titular:

"Acho que não tem como explicar a felicidade que estou sentindo hoje. Não poderia ser mais marcante para mim com os gols e a vitória para gente. Estou realizando o sonho de criança, não só de vestir esta camisa, mas também de representar toda a nação, todo o país. Poder ajudar com gols é muito gratificante", disse.

Dúvida

Por ter dupla cidadania - brasileira e italiana - Raphinha cogitou aceitar um convite para defender a Azzurra, em 2020. Em um momento de dúvida, o conselho de Deco foi fundamental para mantê-lo como opção para o técnico Tite.

"Ele teve uma oportunidade na seleção italiana no ano passado, houve uma sondagem forte da federação, e dei meu conselho para ele. Ele sabe o que eu penso, opino para que as decisões sejam sensatas. Disse ao Raphinha que ele poderia ter oportunidade na seleção brasileira, pois ele tem características diferentes dos outros extremos. Eu vejo a Seleção, conheço o Raphinha e vejo futebol, falei para ele que esperaria um pouco, via que ele teria chance", alertou.

 Siga o Blog do Torcedor no Facebook, no Instagram e no Twitter

Comentários

Últimas notícias