Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

NÃO CURTIU!

Técnico do Liverpool dispara contra a compra do bilionário Newcastle; confira

Klopp afirmou que a compra do Newcastle é parecido com a Superliga, só que de um time.

Manuel Dias
Manuel Dias
Publicado em 15/10/2021 às 14:59
Notícia
Bandar AL-JALOUD / Saudi Royal Palace / AFP
Mohammed bin Salman é o príncipe herdeiro da Arábia Saudita. - FOTO: Bandar AL-JALOUD / Saudi Royal Palace / AFP
Leitura:

Neste mês o assunto rendeu em cima do Newcastle, tradicional clube inglês que foi comprado pelo fundo de investimentos da Arábia Saudita (PIF), liderado pelo príncipe Mohammed bin Salman. O valor da transação foi de 300 milhões de libras, cerca de R$ 2,2 bilhões. Isso aconteceu em um acordo com a Premier League.

''Todas as aprovações necessárias foram obtidas da Premier League e a aquisição foi concluída em 7 de outubro de 2021. O Grupo de Investimento é formado por investidores pacientes de longo prazo que têm toda a confiança no sucesso futuro do clube'', disse o clube em nota oficial.

Porém, algumas pessoas da área não curtiram a compra, isso porque é um valor muito acima do que os outros clubes podem oferecer aos seus funcionários. O alemão Klopp, técnico do Liverpool, foi um dos últimos a falar sobre o assunto.

''Estava à espera de uma declaração oficial do Richard Masters (diretor-executivo da Premier League). Não quero falar muito sobre um assunto que não me diz respeito. Mas, para mim, não há duas opiniões relativamente aos problemas de direitos humanos na Arábia Saudita'', disse à emissora Sky.

''Se falarmos apenas de futebol, a longo prazo, temos de dizer que eles serão uma superpotência. Este é o terceiro clube no mundo do futebol, que conheço, que pertence a um país e, obviamente, significa que pertence à família mais rica do planeta'', afirmou.

O treinador comparou a situação com a Superliga, que foi liderada pelo Real Madrid, Barcelona e Juventus, para substituir a Champions League. O projeto não foi para frente pelo motivo de solar financeiramente outros clubes da Europa.

 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Newcastle United FC (@nufc)

''As possibilidades são imensas. Com a Superliga, todo mundo ficou justificadamente chateado. Isto é basicamente a Superliga, mas para apenas um clube. Assim, o Newcastle garante que terá um papel dominante no mundo do futebol nos próximos 20 ou 30 anos'', completou.

Siga o Blog do Torcedor no Facebook, no Instagram e no Twitter

Comentários

Últimas notícias