Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

FALTA DE RECURSOS

Sem receita, diretor do Santa Cruz fala como clube irá sobreviver até final do ano

Eliminado de todas as competições que participou em 2021, o Santa Cruz não tem mais calendário até iniciar a próxima temporada

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 26/10/2021 às 16:41
Notícia
FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Abdias Vencesçau, CEO do Santa Cruz - FOTO: FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Leitura:

O Santa Cruz voltou ao período sem jogos quem vinha sofrendo nas últimas temporadas enquanto disputava a Série C do Campeonato Brasileiro. Tendo a chance de estender o calendário por mais duas semanas, acabou desperdiçando ao ser eliminado para o Floresta nos pênaltis, na Arena de Pernambuco, no dia 19 deste mês. Agora sem receitas de competição ou bilheteria, o Santa Cruz terá que achar caminhos alternativos para adquirir recursos até o começo da próxima temporada.

>> Veja como está o elenco do Santa Cruz e quem tem contrato para 2022

"O Santa Cruz vai continuar vivendo como sempre viveu: com escassez de recursos. O nosso planejamento é ampliar a nossa área comercial e a gente tem o planejamento de valorizar, o quanto mais, a marca do Santa Cruz. A gente precisa 'vender o Santa Cruz' de forma correta para quem queira estar junto", ressaltou Abdias Venceslau, diretor executivo (CEO) do clube Tricolor.

>> Presidente em exercício do Santa Cruz garante que não trabalha com possibilidade de renúncia de Joaquim Bezerra

>> Quem sonhou com modernidade no Santa Cruz, acorda com clube à deriva

>> Santa Cruz sem divisão? Veja o risco que o clube corre se não tiver um 2022 quase impecável

"A gente precisa vender espaço no Santa Cruz, fazer parcerias com quem acredita no clube para o ano de 2022. Não é novidade para ninguém que não temos mais nenhuma receita esse ano. Então vamos ter que dar muito mais foco no nosso setor comercial e buscar parcerias fortes que consigam trazer liquidez num momento que a gente não tem. Não há como trazer receita para o clube de outra forma, hoje", completou o dirigente.

A situação é preocupante não só nos próximos dois meses, que fecham o ano de 2021, mas também para 2022. Sem Copa do Brasil e Copa do Nordeste, além de cota financeira menor com a Série D em vez da Série C para ser disputada, o Santa Cruz terá que se virar para montar um elenco competitivo para ir bem no Campeonato Pernambucano e brigar pelo acesso do Campeonato Brasileiro.

O planejamento do departamento de futebol da Cobra Coral já começou. Com o técnico Leston Júnior contratado desde o término da Série C, o Santa Cruz agora conta com o executivo Marcelo Segurado para potencializar os planos do Tricolor do Arruda. O atual elenco, que está de férias, volta às atividades no dia 29 de novembro.

Comentários

Últimas notícias