Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

PUNIÇÃO

Arbitragem do jogo entre Argentina e Brasil recebe punição pesada da Conmebol; veja

Andrés Cunha e Esteban Ostojich, ambos do Uruguai, foram punidos pela entidade Sul-Americana

Eduardo Falcão
Eduardo Falcão
Publicado em 17/11/2021 às 14:11 | Atualizado em 18/11/2021 às 10:16
ANDRES LARROVERE / AFP
ERRO Raphinha levou uma cotovelada do zagueiro Otamendi e a arbitragem nada marcou - FOTO: ANDRES LARROVERE / AFP
Leitura:

Da redação com Estadão Conteúdo

A maior entidade do futebol Sul-Americano, a Conmebol, decidiu suspender por tempo indeterminado os árbitros que atuaram na partida entre Argentina x Brasil na noite de terça-feira (16). O uruguaio Andrés Cunha e o assistente de vídeo, Esteban Ostojich, foram suspensos após a Conmebol entender que houve "erro grave" no lance em que o zagueiro da Argentina, Nicolas Otamendi, deu uma cotovelada no atacante brasileiro Raphinha.

>> Copa do Mundo: veja as seleções já classificadas até agora para Mundial do Catar

O árbitro de vídeo Esteban Ostojich chegou a dialogar com o árbitro da partida, mas a decisão coube ao árbitro de campo, Andrés Cunha. O uruguaio não marcou a falta e também não mostrou nenhum cartão ao jogador argentino. Vale lembrar que a CBF já tinha dito que iria entrar com uma representação contra a arbitragem da partida de ontem.

>> CBF vai pedir afastamento de árbitro do VAR após cotovelada de Otamendi em Raphinha

>> Brasileiros ''invadem'' Instagram de Otamendi após cotovelada em Raphinha; confira

A decisão trouxe um prejuízo direto a Cunha, que havia sido escolhido para apitar o duelo brasileiro entre Athletico-PR e Red Bull Bragantino, na final da Copa Sul-Americana. O confronto decisivo está marcado para sábado. O também uruguaio Leodan González será o substituto de Cunha.

>> Jornal argentino se rende à lambreta de Vinicius Junior pela seleção; veja o que falaram

Veja o diálogo entre a arbitragem

Ostojich: Intensidade média. Sim, no rosto. Isso me parece que é falta para cartão amarelo, não considero que seja para vermelho. Estamos de acordo?, pergunta Ostojich.

Ostojich: Andrés, Andrés...análise completa. Uso indevido de braço no limite. Análise completa, finaliza o árbitro de vídeo.

Veja o lance e a conversa dos árbitros sobre a disputa

Nota da Conmebol

A Conmebol considera que houve "conduta violenta do jogador n° 19 Nicolás Hernán Gonzalo Otamendi (ARG), contra um adversário, colocando em risco a integridade física do mesmo com uso do braço no rosto." Diante disso, a Comissão de Árbitros da Conmebol suspendeu os árbitros Andrés Cunha e Esteban Ostojich "por tempo indeterminado no exercício de suas funções" em competições organizadas pela Conmebol. Os árbitros já foram notificados.

Siga o Blog do Torcedor no Instagram, no Facebook e no Twitter

 

Comentários

Últimas notícias