Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

RONALDINHO

Ronaldinho Gaúcho pode ser preso novamente; entenda

O ex-jogador já foi preso, em 2020, por entrar no Paraguai com documentos falsos.

Manuel Dias
Manuel Dias
Publicado em 23/11/2021 às 12:52
FRANCK FIFE / AFP
Ronaldinho Gaúcho fará ações de marketing junto ao Vasco - FOTO: FRANCK FIFE / AFP
Leitura:

Ronaldinho Gaúcho é considerado por muitas pessoas como um dos melhores jogadores brasileiros de todos os tempos, isso porque era mágico dentro de campo, com jogadas incríveis e irreverentes. Aposentado, o jogador passou por algumas polêmicas, como uma prisão por quase seis meses por tentar entrar no Paraguai com documentos falsos.

> Salgadinho e Péricles lançam música com composição de Ronaldinho Gaúcho

Desta vez, o ex-craque de bola pode ir para a cadeia novamente. Acontece que Ronaldinho foi intimado a pagar uma dívida de pensão que tem com a ex-noiva Priscilla Coelho até o dia 1º de dezembro, no próximo mês. Se não realizar o pagamento, ele pode ter seus bens penhorados e até ser preso.

> Com transmissão do SBT, Barcelona faz jogo da vida na Champions League; veja o cenário

> Jogador de Seleção Brasileira será reforço do Atlético Mineiro, diz jornalista

De acordo com o jornal ''Extra'', Ronaldo estava ''driblando'' a justiça para não ter seu nome citado no processo.

''Neste caso o procedimento de execução, que já iniciamos para o recebimento do valor, já definido lá no processo que vai julgar a respeito da união estável, desta pensão provisória, não cabe esta discussão", disse o advogado de Priscilla - Bruno Medrado - ao jornal.

"Se ele quiser reverter essa decisão, ele tem que ir no processo principal. Que foi o que deferiu esta pensão provisória de alimentos. Agora é pagar ou pagar'', completou

O processo movido pela ex-noiva de Ronaldinho foi protocolado em 2019 com sigilo na justiça. Ela também afirmou, na 1ª Vara de Família do Rio de Janeiro, ter sido noiva de Ronaldinho Gaúcho durante seis anos. Em 2020, a pensão provisória de alimentos previa o pagamento de R$ 100 mil por mês. 

Siga o Blog do Torcedor no Facebook, no Instagram e no Twitter

Comentários

Últimas notícias