Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

Fonte Nova

Galo é campeão! Veja os gols de Bahia 2x3 Atlético-MG pelo Brasileirão

O time mineiro quebrou o jejum de 50 anos após vencer o Tricolor de Aço em Salvador

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 02/12/2021 às 20:27
JHONY PINHO/ESTADÃO CONTEÚDO
Jogadores do Atlético-MG festejaram o título brasileiro com o técnico Cuca - FOTO: JHONY PINHO/ESTADÃO CONTEÚDO
Leitura:

ESTADÃO CONTEÚDO

Acabou o sofrimento do torcedor do Atlético-MG no Brasileirão. Após 49 anos, 11 meses e 14 dias, a taça nacional mais uma vez vai para o lado preto e branco de Belo Horizonte. Depois de sair com dois gols de desvantagem em Salvador, os comandados de Cuca buscaram virada incrível para 3 a 2 sobre o Bahia, em cinco minutos, para soltar o grito de "campeão."

>> Fim do jejum! Atlético-MG conquista o título do Campeonato Brasileiro após 50 anos

O jogo atrasado da 32ª rodada teve como herói o atacante baiano Keno, melhor jogador do Atlético-MG em bela campanha na temporada passada, na qual perdeu fôlego após liderar muitas rodadas e acabou em terceiro. O jogador fez o gol de empate e o da virada após pedir calma para todo time quando o placar era 2 a 0 contra. Hulk, artilheiro do Brasileirão, iniciou a reação com cobrança de pênalti precisa. Agora são 18 gols na atual edição.

BAHIA 2X3 ATLÉTICO

Depois de chorar com os vices de 1977, 1980, 1999, 2012 e 2015, o torcedor do Atlético-MG finalmente festejou o fim da sina de bater na trave no Brasileirão. Campeão da primeira edição da competição, com gol do ídolo Dadá Maravilha em final contra o Botafogo, em 1971, o time mineiro festeja a segunda taça com show e gol de seus atacantes mais uma vez.

Após assumir a liderança na 15ª rodada, o Atlético-MG não mais deixou a ponta escapar e fez a festa com duas rodadas de antecedência. Chegou aos 81 pontos comandados por um empolgado Hulk e com boas peças em todos os setores. Com investimento e organização, não deu chances para Flamengo e Palmeiras, seus principais perseguidores.

Comentários

Últimas notícias