Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

ASSÉDIO

Santa Cruz desiste de contratação de funcionário após denúncia de assédio; entenda

O caso teria acontecido fora do clube, há cerca de dois anos

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 14/01/2022 às 16:06
Foto: Tiago Morais/Blog do Torcedor
O Santa Cruz comunicou a desistência da contratação por meio de seu site oficial. - FOTO: Foto: Tiago Morais/Blog do Torcedor
Leitura:

O Santa Cruz informou, nesta sexta-feira (14), por meio de uma publicação no seu site oficial e redes sociais, que desistiu da contratação de um funcionário.

>> Caso de assédio no Náutico: presidente eleito, Diógenes Braga fala sobre postura que adotará diante da situação

O clube afirmou ainda que a decisão foi tomada devido a publicações recentes nas redes sociais, envolvendo o profissional em questão. O profissional trabalharia no gerenciamento de redes sociais do clube.

Na última quinta-feira (13), uma jornalista deu relatos nas redes sociais de que teria sofrido assédio, praticado pelo profissional que o Santa Cruz pretendia contratar. O caso teria acontecido fora do clube, há cerca de dois anos.

Veja o comunicado do Santa Cruz:

"O Santa Cruz Futebol Clube vem a público informar que, diante das publicações envolvendo um novo profissional que estava em processo de contratação para o gerenciamento das redes sociais do Clube, e entendendo que o SCFC é movido pelo apoio e confiança de seus torcedores, tornou-se inviável seguir com o procedimento de contrato do profissional para a equipe. Reforçamos que o SCFC é contra qualquer tipo de violÊncia, inclusive contra a mulher. Neste momento, esperamos que os fatos sejam devidamente esclarecidos."

Caso de assédio no Náutico

Esta não é a primeira vez que o futebol pernambucano testemunha relatos de assédio. No fim de 2021, Tatiana Roma, ex-diretora da Mulher e de Operações do Náutico, também deu relatos de que havia sido vítima de assédio, praticados por Errisson Melo, agora ex-superintendente financeiro do alvirrubro e irmão de Edno Melo, ex-presidente do clube. Errisson foi afastado e posteriormente demitido do cargo. 

>> Denúncia de assédio segue sem solução no Conselho Deliberativo do Náutico; entenda

>> Mais uma denúncia contra ex-funcionário do Náutico por assédio; vítima é menor de idade

Tatiana denunciou Errisson ao conselho deliberativo por assédio moral e importunação sexual, assim como o fez na Delegacia da Mulher. Depois que os relatos da ex-diretora se tornaram públicos, outras mulheres que também haviam sido vítimas do mesmo homem, uma delas era, inclusive, menor de idade e também o denunciou à polícia. Os casos seguem sob investigação. 

Caso de homofobia no Sport

Declarações de teor homofóbico, de autoria de Flávio Koury, conselheiro do Sport, e direcionadas ao ex-BBB e torcedor do Leão, Gilberto Nogueira, o Gil do Vigor, vieram à tona em maio do ano passado. 

>> Caso Gil do Vigor: conselheiro do Sport acusado de proferir frases homofóbicas é absolvido pelo Conselho Deliberativo

O caso foi noticiado inicialmente pelo Blog de Jamildo, do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação, no dia 14 de maio deste ano. Na reportagem, foram divulgados os áudios vazados, de um grupo de membros do Conselho Deliberativo do Sport no WhatsApp, com as agressões.

O motivo dos ataques foi a famosa dancinha do ex-participante do Big Brother Brasil, o "tchaki, tchaki", em visita ao estádio rubro-negro. Na Ilha do Retiro, após convite do clube, Gil do Vigor ganhou uma camisa personalidade, fez uma sessão de fotos e tour pelo reduto do Leão.

A Comissão de Ética do Sport foi formada no início do mês de junho. E logo no começo da atuação recebeu o caso. Porém, com a turbulência política que o Leão viveu após as renúncias de Milton Bivar e Carlos Frederico, os prazos foram extrapolados. No fim do ano passado, o conselho absolveu Koury nas denúncias.

Comentários

Últimas notícias