Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

São Paulo

São Paulo terá economia de R$ 25 milhões com saída de dupla "renegada"

Clube pretende concluir rescisões até o fim do mês

Victor Peixoto
Victor Peixoto
Publicado em 28/01/2022 às 13:44
REPRODUÇÃO
São Paulo estreou com derrota na temporada 2022 e busca mudanças no elenco - FOTO: REPRODUÇÃO
Leitura:

Em meio a uma crise financeira, o São Paulo pode ter um grande alívio nos cofres ao final deste mês de janeiro. Isso por que o clube estima economizar cerca de R$ 25 milhões com as rescisões do atacante Pablo e do meia Vitor Bueno, dois jogadores bastante criticados pela torcida.

"Trika, Trika"; Guarani provoca o São Paulo após vitória no Paulistão

São Paulo perde para o Guarani e tabu de mais de 20 anos é quebrado; confira como foi o jogo do Paulistão

ÉRICO LEONAN / SAOPAULOFC.NET
Vitor Bueno e Pablo durante treinamento no São Paulo - ÉRICO LEONAN / SAOPAULOFC.NET

A informação é de Ricardo PerroneBrunno Carvalho, em publicação no UOL Esporte. O valor seria referente aos salários e direitos de imagem que o clube deixará de pagar à dupla nos próximos dois anos.

Segundo a apuração realiza por Perrone e Brunno, o São Paulo estimava gastar mais de R$ 11 milhões em remuneração aos dois atletas, sendo R$ 4,5 milhões referentes a Vitor Bueno e R$ 6,7 milhões a Pablo, envolvendo salários, férias, direitos de imagem e 13°. Embora não tenham tido acesso ao gasto estimado em 2023, a dupla de jornalistas apurou que a variação seria mínima, o faria os gastos chegarem a R$ 22,7 milhões até dezembro de 2023, quando se encerrariam os contratos. 

O valor não entra na casa dos R$ 25 milhões pretendidos pela diretoria, pois o São Paulo deve arcar com os salários e outras remunerações referentes a este mês de janeiro de 2022. O clube ainda negociou o pagamento das dívidas com os jogadores de forma parcelada até dezembro de 2023. São R$ 2 milhões devidos ao meia e R$ 2,5 milhões ao atacante.

Vitor Bueno já teve seu contrato rescindido, tendo a rescisão publicada no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF desde a última quinta-feira (27). Pablo, por sua vez, ainda não oficializou a rescisão, mas os termos já foram acertados e ela deve ser oficializada nas próximas horas. O atacante, ex-Athletico Paranaense, ainda terá 30% dos seus direitos econômicos ligados ao clube.

Comentários

Últimas notícias