Astronomia

Eclipse lunar ao vivo: acompanhe o fenômeno astronômico deste 19 de novembro

A madrugada desta sexta-feira (19) será marcada por um fenômeno astronômico: um eclipse lunar parcial, que esconderá 97% do satélite natural

Bruna Oliveira Emannuel Bento
Bruna Oliveira
Emannuel Bento
Publicado em 18/11/2021 às 12:03
JORGE GUERRERO / AFP
Será possível assistir o eclipse lunar a olho nu - FOTO: JORGE GUERRERO / AFP
Leitura:

A madrugada desta sexta-feira (19) será marcada por um fenômeno astronômico: um eclipse lunar parcial, que esconderá 97% do satélite natural. O evento será o mais longo do século e poderá ser visto a olho nu na Austrália, nas Américas do Norte e do Sul e em parte da Ásia e Europa. Além disso, o canal da plataforma "Time and Date" no YouTube irá transmitir ao vivo o eclipse.

O horário da transmissão da live varia de acordo com a região do usuário. No Brasil, a exibição na rede social de vídeos terá início por volta das 4h. 

Quando o assunto é ver o fenômeno a olho nu no País, será possível ver cerca de 2h do fenômeno. Os horários irão variar de acordo com a localização de cada estado. Quanto mais ao Oeste do país, mais tempo terá o evento. A observação também dependerá das condições climáticas das regiões.

Por que ocorrem os eclipses?

REPRODUÇÃO/TODA MATÉRIA
Descrição esquemática do eclipse lunar - REPRODUÇÃO/TODA MATÉRIA

Os eclipses lunares ocorrem quando a Lua, o Sol e a Terra se alinham brevemente, bloqueando os raios solares que costumam chegar à superfície do satélite natural do planeta. Isso gera uma sombra que encobre a Lua pouco a pouco. Na madrugada do dia 19, a sombra terrestre esconderá 97% da Lua Cheia, por isso o fenômeno é chamado de "eclipse parcial".

Também é possível que o satélite natural fique vermelho, fenômeno conhecido como "Lua de Sangue". A tonalidade do vermelho dependerá da poluição, das nuvens e detritos na atmosfera da Terra. Quando um eclipse total ocorre logo após uma erupção vulcânica, por exemplo, as partículas na atmosfera farão a Lua parecer mais escura do que o normal.

Confira o passo a passo do eclipse no Recife:

03h02
Eclipse penumbral começa
A penumbra da Terra começa a tocar a face da lua.

04h18
Eclipse parcial começa
O eclipse parcial da lua começa. Ela estará próxima ao horizonte, portanto, é recomendado ter visão livre para oeste-noroeste.

04h47
Eclipse máximo no Recife
Este é o momento em que o eclipse atinge sua maior magnitude enquanto a Lua inteira está acima do horizonte no Recife. O verdadeiro ponto máximo desse eclipse não pode ser visto no Recife porque a Lua está abaixo do horizonte neste momento. Por isso, é recomendado ir a um ponto alto ou com visão livre no sentido oeste-noroeste.

04h51
Pôr da lua
A combinação de uma lua muito baixa e a fase de eclipse total torna a Lua tão escura que pode desaparecer de vista algum tempo antes de se pôr.

Veja outros fenômenos que já foram registrados a olho nu:

Comentários

Últimas notícias