Meio ambiente

Ipojuca monta comitê para conter chegada de óleo em Porto de Galinhas

A prefeitura tem feito acompanhamento dos 33 quilômetros de praias do município

JC Online
JC Online
Publicado em 18/10/2019 às 8:58
Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
FOTO: Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
Leitura:

Atualizada às 17h43

Apesar de as manchas de óleo não terem chegado às praias do município de Ipojuca, como Porto de Galinhas e Maracaípe, no Litoral Sul de Pernambuco, a Prefeitura informou que está realizando monitoramento preventivo nas praias. O acompanhamento acontece tanto por meio da Central de Monitoramento, com uso de drones que sobrevoam a costa, como a fiscalização presencial de equipes do meio ambiente. Nessa quinta-feira (17), a prefeita Célia Sales realizou uma visita às praias de Ipojuca e implantou um comitê de crise. De acordo com o secretário de Meio Ambiente de Pernambuco, José Antônio Bertotti, equipes estão trabalhando para fazer a colocação de boias de contenção e mantas de absorção no Pontal de Maracaípe.

O comitê é composto por diversos secretários e, segundo a prefeitura, 70% do litoral de Ipojuca está sendo fiscalizado 24 horas pela Central de Monitoramento da Secretaria de Defesa Social da cidade. A prefeitura informou, ainda, que caso a população encontre vestígios de óleo no litoral, deve entrar em contato com o órgão, através dos números (81) 99910-5782 ou (81) 3551-1766. É importante lembrar que as pessoas não devem entrar em contato com a substância, visto que ela é tóxica.

Nessa quinta, também houve uma reunião entre o Comitê Gestor de Crise e o Ministério Público Estadual, envolvendo também o Ibama, CPRH, Marinha, Capitania dos Portos e Embratur. A orla de Ipojuca conta com 33 quilômetros e pelas praias de Porto de Galinhas, Macaraípe, Muro Alto, Cupe, Gamboa e Serrambi.

Manchas de óleo no litoral Sul Pernambucano

As manchas de óleo que atingem o litoral do Nordeste chegaram, também, à praia de Carneiros, situada no município de Tamandaré. A informação foi confirmada pelo Secretário de Meio Ambiente da cidade, Manuel Pedrosa, nesta sexta-feira (18). O derramamento de óleo já havia sido registrado na região através de vestígios, mas reapareceu de forma mais intensa. Em menos de 24 horas após o reaparecimento das manchas em São José da Coroa Grande, a prefeitura do município decretou, na noite dessa quinta-feira (17), estado de emergência na região. No dia 25 de setembro, os moradores já haviam encontrado fragmentos da substância na praia.

Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
- Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
População auxilia na retirada de óleo em São José da Coroa Grande; cerca de 200 pessoas trabalham - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
População auxilia na retirada de óleo em São José da Coroa Grande; cerca de 200 pessoas trabalham - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
- Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
- Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
- Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Cerca de 200 pessoas, entre voluntários, funcionários da prefeitura e marinheiros trabalham no local - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Cerca de 200 pessoas, entre voluntários, funcionários da prefeitura e marinheiros trabalham no local - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
- Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Em Carneiros, população se desdobra para retirar óleo da praia. Material apareceu na manhã de sexta - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Em Carneiros, população se desdobra para retirar óleo da praia. Material apareceu na manhã de sexta - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Em Carneiros, população se desdobra para retirar óleo - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
Prefeitura, Secretarias de Infraestrutura e Meio Ambiente e a Defesa Civil, retiram o material - Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
O óleo já havia sido encontrado na região através de vestígios, mas reapareceu de forma mais intensa - Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
A praia é uma das mais procuradas em Pernambuco - Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
A informação foi confirmada pelo Secretário de Meio Ambiente da cidade, Manuel Pedrosa - Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM

Últimas notícias