tragédia ambiental

Em Porto de Galinhas, ministro do Turismo diz que praias estão 'aptas para banho'

''A região aqui está completamente apta à frequentação de turistas. É importante ressaltar que as praias do Nordeste estão aptas para o banho e estão completamente limpas', disse o gestor

Elton Ponce
Elton Ponce
Publicado em 25/10/2019 às 12:23
Notícia
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
FOTO: Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Leitura:

Em visita à praia de Porto de Galinhas, no Litoral Sul de Pernambuco, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, disse que as praias do Estado e de todo o Nordeste estão limpas e prontas para receber turistas. O gestor desembarcou em Pernambuco na manhã desta sexta-feira (25) para avaliar os impactos do desastre com óleo que atinge praias pernambucanas.

"A região aqui está completamente apta à frequentação de turistas. É importante ressaltar que as praias do Nordeste estão aptas para o banho e estão completamente limpas", falou. Marcelo afirmou também que a pasta já está 'preparando ações de publicidade e promoção da região para mostrar a realidade, que é de praias limpas."  No entanto, Marcelo não apresentou qualquer estudo sobre o nível de óleos e graxas na praia e o reflexo disto na qualidade da água. De acordo com Andrea Xavier, coordenadora do laboratório de pesquisa da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), o órgão deve divulgar ainda nesta sexta um balanço sobre o assunto.

Fragmentos de óleo foram encontrados em algumas praias nesta sexta-feira, como Candeias e Piedade, em Jaboatão, e Sossego, em Itamaracá.

Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Ministro Marcelo Álvaro chegou em Porto por volta das 10h40 da sexta - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Ele se reuniu com representantes do trade turístico - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Rede hoteleira está preocupada com os efeitos sobre o turismo - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Marcelo Álvaro anunciou R$ 200 milhões para empreendedores, mas não detalhou quais seriam - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Ele se reuniu com representantes do trade turístico - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
- Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
- Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Marcelo botou o pé na água e disse que praias estão próprias para banho, mas não mostrou estudo - Foto: Bruno Campos/JC Imagem

Recursos

O ministro anunciou a liberação de R$ 200 milhões em linhas de crédito do Fundo Geral de Turismo (Fungetur) para pequenos e médios empreendedores cujos empreendimentos foram afetados com a chegada do óleo no litoral do Estado.

"O Ministério do Turismo disponibilizará R$ 200 milhões em linhas de crédito, por meio do Fungetur, para pequenos e médios empreendedores que precisem de capital de giro, reformas, investimentos nas áreas afetadas pelo óleo que veio do mar", disse. Perguntado sobre que empreendedores se referia, o ministro não entrou em detalhes. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias