LITORAL SUL

No primeiro feriado após desastre com óleo, praias do Cabo têm boa movimentação

Ainda assim, comerciantes alegam menor fluxo quando comparado a outros dias de feriado

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 15/11/2019 às 14:20
Notícia
Foto: Léo Motta/JC Imagem
FOTO: Foto: Léo Motta/JC Imagem
Leitura:

A manhã desta sexta-feira (15) nas praias do Cabo de Santo Agostinho, no Litoral Sul de Pernambuco, foi agitada. O sol forte e céu de poucas nuvens levaram muitos turistas a aproveitar o feriado da Proclamação da República. Ainda assim, os comerciantes seguem sentindo os impactos causados na economia local, após o desastre ambiental que levou vestígios de petróleo cru às orlas das cidades litorâneas de Pernambuco. 

>>> Leia também: Veja o que se sabe sobre as manchas de óleo no Nordeste

O Governo de Pernambuco já considerou 16 praias atingidas aptas para o banho, após análise de águas divulgada nesta na última sexta-feira (8). Estas estão localizadas nos municípios de São José da Coroa Grande (foz do Rio Persinunga), Tamandaré (Boca da Barra, Carneiros e Tamandaré), Ipojuca (Maracaípe e Muro Alto), Cabo de Santo Agostinho (Suape, Gaibu, Itapuama, Paiva), Jaboatão dos Guararapes (Barra de Jangada), Paulista (Janga e Pau Amarelo), Goiana (Itapessoca) e Ilha de Itamaracá (Jaguaribe e Forte Orange).

Ainda assim, a sugestão da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) em evitar o banho das praias listadas no dia 25 de outubro, ainda é sentida, mesmo que retificada, mas já melhorou. É o que confirma Josenilda Maria Santos, de 43 anos, que vende peixe frutos do mar, caldinho, carne de sol em Itapuama. “Para um feriado e um dia bonito como hoje, o movimento deveria estar melhor. Mas diante da situação que passamos nas últimas semanas, já melhorou muito”, disse. Segundo ela, as vendas estão difíceis e raramente os clientes pedem peixe, preferindo consumir pratos com carne de sol, calabresa e arrumadinho.

Itapuama

Romário Brito, empresário de 26 anos, esteve na praia de Itapuama, com a  esposa Gleyciane Ferreira, de 36 anos, e o filho Heitor, de 9 anos. Ele tomou banho de mar com o filho e disse estar feliz pela praia não estar como antes, cheia de  manchas de óleo. Já Gleyciane ficou receosa e preferiu não tomar banho de mar, mas mesmo assim percebeu uma pequena mancha de óleo em sua camisa.

O proprietário do Coco Verde Mirante, Jailson Cabral, de 36 anos, também está otimista com o cenário. “Estou bem otimista que vai melhorar. Pela horário (11h30), o público está razoável”. Ele disse que precisou incluir filé mignon no cardápio, em razão da diminuição das vendas de peixe e o aumento da procura pelos pratos que incluem picanha.

>>> Leia também: Após manchas de óleo, pescadores e marisqueiras esperam feriadão para recuperar lucro

Xaréu

Na praia do Xaréu, o turista Guylherme Souza, de 30 anos, estava com a esposa e outros familiares, e afirmou que viajou sem medo para o litoral. “Vi uma reportagem dizendo que tinham 16 praias aptas para o banho, por isso eu vim”, explicou Guylherme, que é comerciante do Brejo da Madre de Deus.

Paiva

A praia do Paiva é bastante frequentada pelo surfista amador André Felipe Albuquerque, de 31 anos, e sua esposa Daiane Ferreira, de 30 anos. Ele afirmou que precisou praticar o esporte na praia de Pipa, quando o Paiva estava impróprio para o uso, mas que hoje o cenário já estava diferente de algumas semanas atrás. Daiane relatou que tomou banho no mar na última semana e saiu com os pés um pouco sujos de óleo, mas que nesta sexta-feira (15), estava tranquilo.

Foto: Léo Motta/JC Imagem
Feriado desta sexta-feira (15) movimentou a praia de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. - Foto: Léo Motta/JC Imagem
Foto: Léo Motta/JC Imagem
O sol forte e céu de poucas nuvens levou muita gente a aproveitar o feriado na praia. - Foto: Léo Motta/JC Imagem
Foto: Léo Motta/JC Imagem
Após desastre com óleo nas praias pernambucanas, o Governo já considerou 16 praias aptas para banho. - Foto: Léo Motta/JC Imagem
Foto: Léo Motta/JC Imagem
A praia de Itapuama, no Cabo de Santo Agostinho, teve amostras da água analisadas e foi liberada. - Foto: Léo Motta/JC Imagem
Foto: Léo Motta/JC Imagem
O sol forte e céu de poucas nuvens levou muita gente a aproveitar o feriado na praia. - Foto: Léo Motta/JC Imagem
Foto: Léo Motta/JC Imagem
A manhã desta sexta-feira (15) nas praias do Cabo de Santo Agostinho, no Litoral Sul, foi agitada. - Foto: Léo Motta/JC Imagem

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias