Missas e procissão encerram Festa do Morro da Conceição

A festa religiosa começou dia 29 de novembro. Nesta terça-feira (8), dedicada à santa, a paróquia é elevada a santuário

Da Editoria Cidades
Da Editoria Cidades
Publicado em 07/12/2015 às 20:49
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
FOTO: Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

Nesta terça-feira (8) é dia da comunidade católica vestir azul e branco, subir o morro e pagar promessas aos pés de Nossa Senhora da Conceição. A festa religiosa, na Zona Norte do Recife, começará à 0h com a primeira missa desta terça-feira, 8 de dezembro, feriado na capital pernambucana. E continua pela tarde, com procissão saindo do Forte do Brum, às 15h, em direção ao Morro da Conceição, onde está fincada a imagem da santa, desde 1904.

“Venham com calçados confortáveis, passem protetor solar e não se esqueçam de beber água”, orienta o pároco do Morro, José Roberto França. O recado não é em vão. A meteorologia indica para esta terça-feira temperatura de 31º graus. Repetindo o percurso dos anos passados, a procissão em homenagem à Nossa Senhora da Conceição parte do Bairro do Recife (defronte sede da prefeitura), cruza a Ponte do Limoeiro e segue pela avenida Norte.

O arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, acompanhará toda a caminhada e fará a missa de encerramento da festa, prevista para começar as 18h, no topo do Morro. “No início da celebração, vou oficializar a paróquia como santuário”, declara o arcebispo. Segundo ele, acólitos conduzirão o decreto, num quadro, durante a procissão.

Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Milhares de pessoas visitaram o Morro para homenagear Nossa Senhora da Conceição neste sábado (6) - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Devotos encheram o morro de fé e devoção - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Devotos encheram o morro de fé e devoção - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Devotos encheram o morro de fé e devoção - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Devotos encheram o morro de fé e devoção - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Devotos encheram o morro de fé e devoção - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Devotos encheram o morro de fé e devoção - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Devotos encheram o morro de fé e devoção - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Devotos encheram o morro de fé e devoção - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Devotos encheram o morro de fé e devoção - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Devotos encheram o morro de fé e devoção - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Devotos encheram o morro de fé e devoção - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Devotos encheram o morro de fé e devoção - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Devotos encheram o morro de fé e devoção - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
O prefeito do Recife, Geraldo Julio, visitou o Morro neste sábado (6) - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Geraldo Julio ao lado da mulher, Cristina Melo - Foto: Diego Nigro/JC Imagem

 

“Seremos um santuário arquidiocesano, um local de indulgências o ano todo e com programações especiais. Para o povo, o lugar já é um santuário, mas faltava o reconhecimento”, afirma padre José Roberto. A paróquia, diz ele, também celebra, na quarta-feira (9), o centenário da morte de Dom Luiz Raimundo da Silva Brito, o bispo que trouxe a imagem da santa da França para o Morro.

Na época, ele era o bispo do Recife, diz o padre. Dom Luiz, que nasceu em 1840 e morreu em 9 de dezembro de 1915, foi o primeiro arcebispo de Olinda. Padre Roberto informa que a 111ª Festa de Nossa Senhora da Conceição, iniciada em 29 de novembro, termina na noite desta terça-feira (8) com show do padre João Carlos e de frei Damião Silva, após a missa.

No último fim de semana, 450 mil fiéis subiram o Morro. A expectativa da paróquia é encerrar a festa com um público de, aproximadamente, 1,2 milhão de devotos. “Vim pagar minha promessa hoje (segunda-feira, 7) porque no dia 8 tem muita gente”, justifica a dona de casa Elisângela Mari dos Santos, 27 anos, segurando nos braços a filha Ana Júlia, 3 meses, vestida de azul. A roupa ficou aos pés da santa.

Suely Viana de Azevedo, 59, também deixou para a santa duas peças de roupa azul e dois ex-votos de cera, representando o corpo humano. É o pagamento de uma promessa, dela e da neta Vívia Maria Azevedo, 14. “Eu fiquei boa de um câncer, ela se curou de um nódulo com a fé em Nossa Senhora”, declara Suely.

Por causa do feriado, os mercados públicos do Recife, o Mercado das Flores e o Camelódromo funcionarão apenas das 6h às 13h.

De acordo com a prefeitura, as três Upinhas 24h – Unidade de Saúde da Família Moacyr André Gomes (Morro da Conceição), Professor Hélio Mendonça (Córrego do Jenipapo) e Professora Fernanda Wanderley (Linha do Tiro) – estarão abertas para as pequenas urgências. As Unidades de Saúde da Família (USF) e Unidades Tradicionais estarão fechadas neste dia 8.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias