COMBATE AO AEDES

Leituristas da Celpe identificam dez mil possíveis focos de Aedes em Pernambuco

Diariamente, ao coletar o consumo dos mais de 3,5 milhões clientes residenciais, os profissionais também identificam possíveis criadouros do mosquito

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 02/03/2016 às 12:48
Ashlley Melo/JC Imagem
Diariamente, ao coletar o consumo dos mais de 3,5 milhões clientes residenciais, os profissionais também identificam possíveis criadouros do mosquito - FOTO: Ashlley Melo/JC Imagem
Leitura:

Aproximadamente 10 mil possíveis focos de reprodução do mosquito Aedes Aegypti foram notificados pelos leituristas da Compainha Energética de Pernambuco (Celpe) em todo o estado. Diariamente, ao coletar o consumo dos mais de 3,5 milhões clientes residenciais, os profissionais também identificam possíveis criadouros do mosquito.



Segundo o levantamento feito pelos leituristas, no mê de fevereiro, em Recife foram registrados aproximadamente 800 possíveis focos. Já em São Lourenço da Mata 1.100, e em Camaragibe, 1.600 locais; esses são os municípios com o maior número de possíveis focos na Região Metropolitana. As anotações e indicações dos locais sob risco estão sendo feitas nos próprios equipamentos de leitura, configurados para receber os dados referentes à campanha. As informações coletadas resultam em um relatório encaminhado regularmente à secretaria estadual de Saúde.

Além da identificação dos focos, os leituristas ainda entregam panfletos informativos para esclarecer a população sobre como evitar a proliferação do mosquito.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias