Transporte

Taxistas voltam a protestar contra Uber nesta quarta e trânsito deve ficar complicado

Concentração será na frente da CTTU, em Santo Amaro, a partir das 7h

Cidades
Cidades
Publicado em 12/07/2016 às 19:02
@saggomes via Twitter
Concentração será na frente da CTTU, em Santo Amaro, a partir das 7h - FOTO: @saggomes via Twitter
Leitura:

Quem puder evitar o Centro da cidade nesta quarta (13) é bom fazê-lo, para não ficar preso no trânsito. Insatisfeitos com a falta de uma providência do poder público com relação a motoristas do Uber e de outros aplicativos de transporte, os taxistas programam uma grande mobilização, com concentração em frente à sede da a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), em Santo Amaro, área central do Recife, a partir das 7h.

Eles prometem, também, acionar o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), pedindo apoio do órgão para que os municípios cumpram a Lei Federal Nº 12.468/2011, que estabelece exclusividade aos taxistas na atividade de transporte público individual remunerado de passageiros.  

“Esses veículos particulares estão atrapalhando a vida dos taxistas. Já era pra se ter tomado uma medida para expulsá-los, pois fazem um transporte irregular, segundo a legislação”, afirma o presidente do Sindicato dos Taxistas de Pernambuco, Everaldo Menezes. “Até hoje o prefeito não recebeu a gente, só secretários. Estão empurrando com a barriga”.

Conforme Everaldo, profissionais de todo o Estado estão sendo convocados para a mobilização. “O protesto será feito democraticamente e não temos intenção de fechar as ruas, mas a quantidade de veículos será grande e pode atrapalhar o trânsito”, prevê. O primeiro movimento do tipo, em março, parou o trânsito em frente à prefeitura, nos dois sentidos. Na capital são 6.125 taxistas, número que se aproxima de 18 mil no Estado.

Por meio de nota, a CTTU informa que “mantém constante fiscalização contra o transporte remunerado irregular de passageiros, seja através de táxis de outros municípios operando na capital, vans de transporte escolar irregulares ou até de carros particulares atuando como táxis”, cumprindo o que diz a Lei Federal 12.468/2011. Diz ainda que, desde o começo do ano, 265 veículos foram notificados pela prática irregular desse tipo de transporte.

Últimas notícias