PROCEDIMENTO

Vítima de acidente em kart fará cirurgia para reconstrução de pálpebra

A cirurgia será realizada nesta quinta-feira (22)

Rute Arruda
Rute Arruda
Publicado em 21/08/2019 às 15:18
Notícia
Foto: Reprodução/ Instagram Débora Dantas
A cirurgia será realizada nesta quinta-feira (22) - FOTO: Foto: Reprodução/ Instagram Débora Dantas
Leitura:

A jovem de 19 anos que foi vítima de escalpelamento em kart no dia 11 de agosto passará por cirurgia para reconstrução das pálpebras nesta quinta-feira (22). Débora Dantas de Oliveira está internada no Hospital Especializado de Ribeirão Preto, no estado de São Paulo, desde o último domingo.

Segundo boletim médico divulgado nesta quarta-feira (21), Débora permanece com estado de saúde estável. No sábado (24), ela será submetida a transplante microcirúgico para o couro cabeludo.

Transferência

Débora Dantas de Oliveira deu entrada no Hospital da Restauração, localizado na área central do Recife, no dia 11 de agosto, após ter o couro cabeludo arrancado durante acidente em uma pista de kart. A jovem foi socorrida pelo namorado e passou por uma cirurgia no dia 12 para realizar a reimplantação do tecido. Segundo o médico Jonathan Vidal, responsável pela cirurgia, não foi possível reimplantar 100%.

"Aproveitamos basicamente 80%, além da parte principal, que envolve as pálpebras, as sobrancelhas e a região da testa", explicou. No entanto, o corpo da vítima rejeitou o reimplante, informou a família da jovem no dia 15. Nessa segunda-feira (19), durante um procedimento cirúrgico, os médicos constataram que houve perda do reimplante realizado no HR.

Relembre o caso

Débora Dantas de Oliveira teve o couro cabeludo arrancando em uma pista de kart da Zona Sul do Recife no dia 11 de agosto. A jovem foi socorrida pelo namorado para o Hospital da Restauração, área central do Recife, onde passou por cirurgia para fazer a reimplantação do tecido.

No domingo (18), Débora deu entrada no Hospital Especializado de Ribeirão Preto, localizado no estado de São Paulo.

Vaquinha

Com o intuito de cooperar no custeamento da recuperação física, mental e social de Débora, a comunidade do Desafio Pernambucano de Kart indoor (DPKin) criou uma vaquinha virtual para a jovem. O espírito solidário já atingiu 81 pessoas até o meio-dia desta quarta-feira (21) que, juntas, ofertaram cerca de oito mil reais.

O recifense Aureliano Correia Faria Neto, de 40 anos, é o integrante da comissão organizadora da DPKin e conta que o grupo se sensibilizou ao ouvir sobre a história da jovem e decidiu ajudá-la. ‘Nossa intenção é de reunir o dinheiro para que ela possa se sustentar financeiramente até voltar a exercer as atividades rotineiras', disse Neto.

De acordo com o membro, o combinado com a família de Débora é de que quando a vaquinha for encerrada e atingir o objetivo de 50 mil reais arrecadados, o valor será entregue diretamente para a conta da vítima. ‘O valor não será direcionado para o tratamento, porque sabemos que as empresas responsáveis estão custeando, mas sim para sua recuperação dela', completou o competidor.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias