OFICINA

IJCPM lança Maratona de Ideias e ajuda jovens a impactarem comunidades

Cerca de 60 jovens, entre 16 e 30 anos, moradores do Pina e de Brasília Teimosa foram selecionados para participar do evento

JC Online
JC Online
Publicado em 23/08/2019 às 9:55
Notícia
Foto: Paloma Amorim
Cerca de 60 jovens, entre 16 e 30 anos, moradores do Pina e de Brasília Teimosa foram selecionados para participar do evento - FOTO: Foto: Paloma Amorim
Leitura:

Transformar a realidade do próprio bairro, em áreas como mobilidade, educação, moradia, entre outras, usando a tecnologia e ideias inovadoras. Essa é a proposta da Maratona de Ideias que acontece a partir desta sexta-feira (23) até o próximo domingo (27), no Instituto JCPM de Compromisso Social. Cerca de 60 jovens, entre 16 e 30 anos, moradores do Pina e de Brasília Teimosa, estudantes de designer e programação, além de empreendedores locais, foram selecionados para participar do evento. Todos farão uma imersão para solucionar problemas específicos de forma a impactar positivamente a rotina da comunidade.

Os grupos serão acompanhados por mentores que atuam no mercado de trabalho e que vão auxiliar no desenvolvimento das ideias. Foram convidados profissionais da Accenture, In Loco, Cesar, Neurotech e Softex entre outras instituições de destaque da área de tecnologia para serem mentores dos jovens. Outro grupo fará o papel de jurado na avaliação das ideias.

A abertura acontece nesta sexta-feira (23) e é quando todos vão ter conhecimento das três temáticas mais votadas pelos inscritos. Foram indicadas seis áreas: moradia, educação, cultura e lazer, saúde e bem-estar, igualdade de gênero e mobilidade urbana. A ideia é surpreender com os três assuntos para que todas as soluções sejam elaboradas durante o encontro. Serão formados 12 grupos, com cinco jovens em cada um. Os participantes iniciarão as atividades com o chamado design thinking – troca de ideias abordando o problema, análise de informações e ensaio das soluções. Haverá um tempo dedicado à pesquisa de campo. Os projetos serão apresentados através do chamado pitch – defesa da solução em pouco tempo, entre três e cinco minutos. Os três projetos de destaque serão premiados.

“Ao longo do processo, vamos avaliar questões como adequação ao tema, criatividade no desenvolvimento da solução e a técnica aplicada, sobretudo, se é algo realmente factível de ser implantado. Muitas vezes, as soluções para problemas que afetam as comunidades podem ser simples e de baixo custo. Vamos unir a criatividade à tecnologia com a inquietação da juventude”, explica a coordenadora de empregabilidade e projetos sociais, Marina Amorim.

Desde março, o IJCPM vem atuando mais fortemente na formação de jovens para áreas relacionadas à tecnologia. Com o projeto Mundo Digital, o IJCPM passou a oferecer formação em desenvolvimento de games (programação) e design gráfico. As aulas tiveram início em fevereiro e contam com 150 participantes nos três turnos (manhã, tarde e noite). Além dessas formações, foram oferecidas 25 vagas em Robótica, totalizando 175 jovens capacitados em tecnologia. A metodologia e conteúdo foram desenvolvidos pelo Instituto e pela SoftexRecife - Centro de Excelência em Tecnologia de Software do Recife, uma das principais entidades do cluster tecnológico do Estado.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias