Igreja

Novo bispo de Caruaru tomou posse do cargo neste sábado (21)

O bispo irá substituir Dom Bernardino Marchió, que se tornará bispo emérito.

Anna Tenório
Anna Tenório
Publicado em 21/09/2019 às 20:27
Notícia
Divulgação/ Secretaria de Imprensa
O bispo irá substituir Dom Bernardino Marchió, que se tornará bispo emérito. - FOTO: Divulgação/ Secretaria de Imprensa
Leitura:

Na tarde deste sábado (21), o novo bispo de Caruaru tomou posse do cargo. Dom José Ruy Gonçalves Lopes, 52 anos, é natural de Feira de Santana, na Bahia. Ele faz parte da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos e foi ordenado padre em 1993.  

O evento aconteceu na Catedral Nossa Senhora das Dores. A programação da posse iniciou com uma coletiva de imprensa, na Igreja do Convento, no bairro Divinópolis. Posteriormente a população caminhou com o novo bispo, com o, agora, emérito Dom Bernardino Marchió, e a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, entre outras autoridades. O cortejo seguiu da Avenida Agamenon Magalhães até a Avenida Rio Branco, onde foi realizada a posse canônica, na Catedral Nossa Senhora das Dores. O arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, comandou a cerimônia.

Governo

O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, esteve representando o governador Paulo Câmara na posse do novo bispo da Diocese de Caruaru, Dom José Ruy Gonçalves, na Catedral Nossa Senhora das Dores, no centro da cidade. “Para nós é uma honra recebê-lo. Trazemos votos de que conduza a diocese da melhor maneira, olhando para os pequenos e atuando com generosidade para o povo caruaruense” declarou.

Dom Ruy agradeceu pela atenção do Governo de Pernambuco e adiantou que irá trabalhar com afinco para combater males muitas vezes invisíveis da sociedade. “O século 21 nos traz muitas demandas. A depressão é a doença que mais mata no mundo e a igreja católica não pode fechar os olhos para isso” assegurou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias