HOMENAGEM

Na abertura do Carnaval no Recife, Antonio Nóbrega canta música em homenagem a Marielle Franco

Ainda na abertura do Carnaval, Nóbrega apontou problemas enfrentados no Brasil e levantou críticas ao governo Bolsonaro

Thalis Araújo
Thalis Araújo
Publicado em 21/02/2020 às 21:34
Notícia
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
FOTO: Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

Durante a abertura oficial do Carnaval 2020 do Recife, o multiartista Antonio Nóbrega, que apresentou o espetáculo inicial, cantou uma música em homenagem a Marielle Franco, que foi morta em 2018, no Rio de Janeiro. Nóbrega lançou a canção "Quem mandou matar Marielle?" em maio de 2019, em parceria com Wilson Freire. Enquanto Nóbrega cantava, apareciam as imagens de Marielle nos telões do palco montado, alternadas com manchetes dos jornais que noticiaram a morte da vereadora do PSOL.

>> Show de abertura do Carnaval do Recife tem críticas a Bolsonaro e exaltação a jornalistas

>> Veja imagens da abertura do Carnaval do Recife 2020

>> Veja a repercussão na web da abertura do Carnaval do Recife 2020

Antes de entoar a canção, Antonio Nóbrega exaltou o povo brasileiro por vencer, com garra, os desafios que "os impulsionam". Ele também expôs o seu ponto de vista sobre a atual situação cultural e governamental do Brasil. Para Nóbrega, os artistas brasileiros sempre enfrentaram grandes problemas e ataques por parte do governo. De acordo com o multiartista, o Brasil vive a sua situação "mais preocupante" de toda a história.

"Há uma guerra aberta com a área de Cultura e ameaça de um retrocesso obscurantista das prioridades de um governo que não aceitou, sequer, Copérnico. Se ele [o governo] não chegou nem a Copérnico, muito mal chegou a Darwin. Aumentam os cortes de gastos sociais, além de cortes em direitos históricos dos trabalhadores, aumentam a deploração da Amazônia e aumentam as ameaças à imprensa. É por isso que esse espetáculo, meus amigos, está dedicado ao povo brasileiro, mas, sobretudo, ao artista e ao jornalista brasileiros", apontou Antonio Nóbrega.

Confira a letra da música

"Quem Mandou Matar Marielle?
(Antonio Nóbrega-Wilson Freire)

Brasil,
pátria que te pariu,
foi o Rio de Janeiro
quem te balançou primeiro.

Teu berço,
fincado na Maré,
mina, mana, mulher,
cresceu no seu chão.

Contrariando
o seu do destino
cantou o seu próprio hino
e mudou a sua sina.

Com a resistência
dos gays, pardos, pretos e índios
escreveu a sua história.

Brasil,
pátria que te pariu,
pergunta
já à flor da pele:
quem mandou matar Marielle?

Brasil,
pátria que te pariu,
foi o Rio de Janeiro
quem te balançou primeiro.

Teu berço,
fincado na Maré,
mina, mana, mulher,
cresceu no seu chão.

Numa emboscada
os seus algozes
cumpriram os seus planos
de calar a sua voz.

Os tiros roubaram-lhe a vida
mas não os seu sonhos,
que ecoaram em outras vozes…

Brasil,
pátria que te pariu,
pergunta
já à flor da pele:
quem mandou matar Marielle?"

Veja ao vivo a abertura do Carnaval 2020

Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
- Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias