ESCOLAS DE SAMBA

Galeria do Ritmo é a campeã do Concurso de Agremiações do Recife

A apuração dos votos das escolas de samba aconteceu na tarde desta quinta-feira (27), no Pátio de São Pedro

Amanda Rainheri
Amanda Rainheri
Publicado em 27/02/2020 às 17:16
Notícia
Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Galeria do Ritmo campeã do Carnaval do Recife - FOTO: Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Leitura:

Atualizado às 20h51 do dia 27/02/2020

Após 12 vitórias consecutivas da Gigante do Samba, o Concurso de Agremiações Carnavalescas do Recife tem uma nova campeã: a Galeria do Ritmo, escola do Morro da Conceição, na Zona Norte da cidade. A apuração dos votos das escolas de samba aconteceu na tarde desta quinta-feira (27), no Pátio de São Pedro, no bairro de Santo Antônio, Centro da capital. 

>> A força que vem das mulheres da Gigante do Samba

>> Viradouro é campeã das escolas de samba do Rio de Janeiro

Em 2020, desfilaram pelo Grupo Especial as escolas Pérolas do Samba, Gigante do Samba, Limonil, Galeria do Ritmo e Imperadores da Vila São Miguel. As apresentações aconteceram na segunda-feira de Carnaval (24), na Avenida Nossa Senhora do Carmo, no bairro de Santo Antônio. 

Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Escola venceu após 12 vitórias consecutivas da Gigante do Samba - Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Escola venceu após 12 vitórias consecutivas da Gigante do Samba - Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Escola venceu após 12 vitórias consecutivas da Gigante do Samba - Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Escola venceu após 12 vitórias consecutivas da Gigante do Samba - Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Escola venceu após 12 vitórias consecutivas da Gigante do Samba - Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Escola venceu após 12 vitórias consecutivas da Gigante do Samba - Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Escola venceu após 12 vitórias consecutivas da Gigante do Samba - Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem

A campeã Galeria do Ritmo e a vice-campeã Gigante do Samba ficaram empatadas no somatório de pontos. O critério para o desempate foi o samba enredo. Em 2020, a Galeria do Ritmo foi à avenida com o tema "Licença Amazônia, vou falar de você". "A gente veio falando da Amazônia e os seus mitos. A Amazônia tem enredo para dez escolas de samba, mas escolhemos trabalhar com essas figuras, como tupã, o boto e a lenda da cobra grande. Foi uma escolha muito feliz, que ganhou o Carnaval", comemorou Romildo Nunes, carnavalesco da escola. 

Para o presidente da escola Mizael Souza, a força da comunidade é a responsável pelo título. "É muito emocionante, porque foram oito meses abandonando família, esquecendo de tudo para podermos estar aqui hoje comemorando este título. Há 12 anos não ganhávamos. Para mim, o ponto forte foi o povo, as comunidades do Morro da Conceição, de Casa Amarela e do Alto José do Pinho, que deram o sangue pelo título."

Durante a comemoração, um princípio de tumulto ocorreu quando alguns dos integrantes da escola vice-campeã, a Gigante do Samba, tentaram agredir os integrantes da Galeria do Ritmo. A Guarda Civil do Recife, que estava no local precisou intervir. 

OUTROS CAMPEÕES

Além da Galeria do Ritmo, o Maracatu Nação Porto Rico (baque virado), Maracatu Estrela Dourada (baque solto), Clube Carnavalesco Misto das Pás, Bloco de Pau e Corda Amante das Flores, Caboclinho Kapinawa, Índios Tabajara, Clube de Boneco O Menino do Pátio de São Pedro, Troça Carnavalesca Mista Abanadores do Arruda, Urso Cangaçá e Boi Maracatu são os campeões e campeãs do Carnaval 2020 do Recife.

A apuração do resultado das 11 modalidades do Concurso de Agremiações promovido pela Prefeitura do Recife foi realizada ao vivo no Pátio de São Pedro. As premiações somam um valor total de R$ 730,5 mil. Na semana do aniversário do Recife, comemorado em março, acontece o desfile dos vencedores e vencedoras do Carnaval.

O tradicional Clube das Pás foi pentacampeão. "Agradeço demais ao nosso carnavalesco Hilário Silva", lembrou Guilherme Lima, entre abraços, destaque do clube que desfilou com a fantasia de Cisne Negro. Recuperando-se de uma cirurgia nas costas, Rejane Maria da Paixão foi às lágrimas com o título para o Caboclinho Kapinawa. "Comecei a desfilar para acompanhar a minha família e nunca mais parei. Lá se vão 15 anos", disse, antes de ligar para a filha e informar a vitória por telefone.

As 11 modalidades do Concurso de Agremiações são: Boi, Urso, Troça, Clube de Boneco, Clube de Frevo, Bloco de Pau e Corda, Tribo de Índio, Caboclinho, Maracatu de Baque Solto, Maracatu de Baque Virado e Escola de Samba, dos grupos de Acesso, 2, 1 e Especial. Ao todo, 206 agremiações passaram pela Avenida Nossa Senhora do Carmo, no bairro de São José, área central da cidade, e Avenida do Forte, no Cordeiro, Zona Oeste.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias