REAJUSTE

Empresas defendem 16,18% de aumento nas passagens de ônibus

O último aumento foi entre 2016 e 2017, quando o anel A passou de 2,80 para o valor atual de R$ 3,20

Marcelo Aprigio
Marcelo Aprigio
Publicado em 22/01/2019 às 9:26
Foto: Guga Matos/JC Imagem
O último aumento foi entre 2016 e 2017, quando o anel A passou de 2,80 para o valor atual de R$ 3,20 - FOTO: Foto: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

O aumento nas tarifas de ônibus na Região Metropolitana do Recife solicitado pelo sindicato que representa as empresas de transporte, o Urbana-PE, é de 16,18%. Com isso, o anel A, que é o mais usado, pode aumentar de R$ 3,20 para R$ 3,70. O anel B, hoje de R$ 4,40, pode chegar a R$ 5,10.

O Grande Recife Consórcio de Transporte ainda não confirmou a data da reunião do Conselho Superior de Transportes Metropolitano (CSTM) que vai definir o reajuste.

Último aumento

O último aumento foi entre 2016 e 2017, quando o anel A passou de 2,80 para o valor atual de R$ 3,20. O anel B foi de R$ 3,85 para R$ 4,40. De 2012 a 2014, período em que houve diversos protestos no País contra os reajustes das passagens de ônibus, o A custou R$ 2,15, aumentando para R$ 2,45 em 2015.

No ano passado, o Conselho Superior de Transportes Metropolitano (CSTM) chegou a ser proibido pelo 4º Juizado Especial da Fazenda Pública da Capital de definir novos valores. O Urbana-PE havia solicitado um aumento de 34%.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias