Mobilidade

Confira esquema de trânsito para o clássico entre Náutico e Santa Cruz

Se houver um aumento no número de torcedores, a Avenida Conselheiro Rosa e Silva será interditada

JC Online
JC Online
Publicado em 23/08/2019 às 13:25
Notícia
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Se houver um aumento no número de torcedores, a Avenida Conselheiro Rosa e Silva será interditada - FOTO: Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

Neste sábado (24), acontecerá o Clássico das Emoções entre Náutico e Santa Cruz, às 17h, nos Aflitos, Zona Norte do Recife. Com isso, a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) irá interditar as ruas da Angustura e Manuel de Carvalho, somente os moradores terão acesso ao local pela Rua Padre Silvino Guedes.

Se houver um aumento no número de torcedores, a Avenida Conselheiro Rosa e Silva será interditada no trecho entre a Rua Conselheiro Portela até Avenida Santos Dumont e, neste caso, o fluxo de veículos da Avenida Rosa e Silva será desviado pela Rua Senador Alberto Paiva.

A operação da CTTU será iniciada às 10h para o horário do jogo e do pré-jogo e montada no entorno do Estádio Eládio de Barros Carvalho com o objetivo de garantir o deslocamento seguro dos pedestres, assim como a fluidez do tráfego. Uma equipe com agentes de trânsito estará em pontos fixos, em motos e viaturas e irá monitorar as imediações do estádio até a dispersão total do público, prevista para acontecer por volta das 21h.

Policiamento

A Polícia Militar de Pernambuco lançará 493 policiais militares para garantir a segurança do clássico entre Náutico e Santa Cruz. A área interna do estádio contará com 128 policiais, sendo 110 do Batalhão de Choque e 18 da CIPCães.

Sob o comando do 13º BPM, a área externa e as principais vias de acesso ao local do jogo contarão com a presença de 265 policiais que farão a segurança dos torcedores. Nas estações do metrô e terminais integrados de passageiros serão lançados 100 policiais que serão lançados em guarnições no patrulhamento motorizado para inibir a ação dos vândalos.

Os 100 policiais restantes fazem a segurança nos terminais integrados e nas estações. Toda operação policial será monitorada por oficiais da Corporação através das câmeras de segurança no Centro Integrado de Controle e Comando Regional.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias