Campo das Princesas

Familiares de jovens da Funase realizam vigília em frente à sede do Governo

O objetivo da mobilização é, também, cobrar do Governo do Estado medidas efetivas para evitar novos confrontos nas unidades socioeducativas de Pernambuco

Davi Barboza
Davi Barboza
Publicado em 19/01/2012 às 17:56
Foto: Igo Bione/JC Imagem
O objetivo da mobilização é, também, cobrar do Governo do Estado medidas efetivas para evitar novos confrontos nas unidades socioeducativas de Pernambuco - FOTO: Foto: Igo Bione/JC Imagem
Leitura:

Familiares de adolescentes que cumprem medida socioeducativa na unidade da Funase no Cabo, representantes do Fórum Estadual da Criança e da Juventude e Organizações Não-Governamentais realizam na tarde desta quinta-feira (19), em frente ao Palácio do Campo das Princesas, uma vigília em homenagem às vítimas mortas na rebelião da Funase, ocorrida no dia 10 deste mês. Às 18h, velas foram acesas e um minuto de silêncio foi feito pelas cerca de 20 pessoas que estão no local.

"Estou aqui por conta de um primo meu que está preso no Cabo. Ele se envolveu numa coisa simples e agora está naquele lugar. Ainda por cima não tenho informações de quando ele será julgado", disse a prima de um interno que preferiu não se identificar.

O objetivo da mobilização é, também, cobrar do Governo do Estado medidas efetivas para evitar novos confrontos nas unidades socioeducativas de Pernambuco.



"A intenção é fazer uma vigília todo mês, já temos outra marcada para o dia 10 de fevereiro. Queremos medidas sérias, que realmente mudem não só a Unidade do Cabo, mas todas as unidades socioeducativas do Estado", disse Silvino Neto, coordenador do Fórum Estadual da Criança e do Adolescente.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias