eletrocutada

Mulher morre vítima de choque elétrico na Caxangá

A vítima teria se encostado em uma parede com fiação clandestina para desviar de um caminhão quando recebeu a descarga

Camila Moura
Camila Moura
Publicado em 26/06/2014 às 13:11
Foto: Michele Souza/JC Imagem
A vítima teria se encostado em uma parede com fiação clandestina para desviar de um caminhão quando recebeu a descarga - Foto: Michele Souza/JC Imagem
Leitura:

Atualizada às 14h53

Maria do Carmo Liberato da Silva, 29 anos, morreu vítima de choque elétrico por volta das 12h desta quinta-feira (26) na Caxangá, Zona Oeste do Recife. De acordo com informações de testemunhas, a vítima passava ao lado do viaduto quando foi eletrocutada.

Ainda segundo populares, a mulher bateu em uma barraca quando levou o choque. Na frente da barraca tem um poste, de onde saem fios até o estabelecimento. Na hora passou um caminhão que provocou pequenas ondas, já que o local  estava alagado. Por isso Maria do Carmo tentou se apoiar na barraca, momento em que houve a descarga elétrica. O Instituto de Medicina Legal (IML) foi acionado para recolher o corpo. 

A Celpe informou, em nota, que o acidente foi provocado por ligação clandestina e lamenta a ocorrência. Confira a íntegra da nota:

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) informa que o acidente, registrado no início da tarde desta quinta-feira (26), foi provocado por uma ligação clandestina de energia de um fiteiro, localizado embaixo do Viaduto da Avenida Caxangá. Equipes da concessionária constataram que a vítima sofreu a descarga elétrica ao entrar em contato com a barraca metálica que estava energizada pela ligação ilegal. Por segurança, técnicos isolaram a área e removeram a ligação irregular.

A Celpe combate permanentemente a prática de ligações clandestinas. Em 2013, foram realizadas mais de 140 mil inspeções. A empresa mantém campanhas educativas regulares em todo o Estado alertando para os cuidados com energia elétrica e realiza ações de conscientização em comunidades. A empresa lamenta a ocorrência e adverte que ligação clandestina é crime, coloca a vida em risco e deve ser combatida por toda sociedade. 

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias