Morte

Outro detento morre no Complexo Prisional do Curado

Número de mortos sobe para três na rebelião no antigo Aníbal Bruno

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 20/01/2015 às 15:33
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
FOTO: Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Leitura:

Na tarde desta terça-feira (20), outro detento morreu na rebelião no Complexo Prisional do Curado, maior unidade penitenciária do Estado, no bairro do Sancho, Zona Oeste do Recife. Mário Antônio Silva tinha 52 anos e foi decapitado por outros presos. Ele foi detido em 2006 por tráfico de drogas. A informação foi confirmada pelo secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico. Com mais essa vítima, sobe para três o número de mortos no motim. Hoje, 27 detentos ficaram feridos na rebelião da Penitenciária Barreto Campelo.

O Batalhão de Choque da Polícia Militar foi acionado para conter os tumultos e já se encontra dentro da penintenciária. Tiros foram escutados e a energia foram cortadas dentro do presídio.

Na última segunda-feira (19), o protesto, que começou quando os reeducandos fizeram greve de fome e subiram nas lajes dos pavilhões com faixas e cartazes, terminou com um sargento da Polícia Militar e um detento mortos, além de 29 pessoas feridas. Segundo a Secretaria de Ressocialização do Estado (Seres), os 29 feridos foram socorridos, alguns em unidades de saúde e outros no próprio complexo.

O policial baleado Carlos Silveira do Carmo, 44 anos, foi levado para atendimento no Hospital Otávio de Freitas, mas não resistiu aos ferimentos. O tiro teria partido de dentro do ASP Marcelo Francisco Araújo (PAMFA), um dos três presídios do complexo, mas o caso ainda está sendo investigado pelo delegado João Paulo Andrade. À tarde, o Batalhão de Choque iniciou a revista dos pavilhões, quando foram apreendidos facões e celulares. O detento Edvaldo Barros da Silva Filho também foi morto na confusão.

Em nota, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos informou que, no Complexo Prisional do Curado, houve 15 feridos no Presídio Frei Damião de Bozzano, dos quais 11 foram atendidos na enfermaria da unidade com ferimentos leves e os quatro restantes, encaminhados para unidades de saúde.

"Destes quatro reeducandos, três retornaram à unidade, e um continua sob observação no Hospital Otávio de Freitas. No Presídio Juiz Antônio Luiz Lins de Barros (JJALLB), houve a morte do detento Mário Antonio da Silva, 52 anos, além do atendimento ao reeducando Ronaldo Abreu da Silva Junior, que foi ferido superficialmente a facadas e recebeu atendimento na enfermaria da unidade. Em relação aos feridos no confronto desta segunda-feira (19), no Presídio ASPE Marcelo Francisco de Araújo (PAMFA), seis continuam em observação, um no Hospital da Restauração e cinco no Otávio de Freitas", diz o documento.

Foto: Diego Nigro/JC Imagem
No telhado do antigo Aníbal Bruno, presos ateiam fogo em entulhos - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Detentos caminham pelo telhado no Complexo do Curado, exibindo facões - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Detentos caminham pelo telhado no Complexo do Curado, exibindo facões - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Clima volta a ficar tenso no Complexo Prisional do Curado e Batalhão de Choque é novamente acionado - Foto: Edmar Melo/ JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/ JC Imagem
Detentos da Barreto Campelo fazem motim e também pedem agilidade no julgamento de processos - Foto: Sérgio Bernardo/ JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/ JC Imagem
Detentos da Barreto Campelo fazem motim e também pedem agilidade no julgamento de processos - Foto: Sérgio Bernardo/ JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/ JC Imagem
Detentos da Barreto Campelo fazem motim e também pedem agilidade no julgamento de processos - Foto: Sérgio Bernardo/ JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/ JC Imagem
Detentos da Barreto Campelo fazem motim e também pedem agilidade no julgamento de processos - Foto: Sérgio Bernardo/ JC Imagem

Últimas notícias