Violência

Policial militar é preso após participar de assalto em Paulista

Além do PM, outros três homens foram presos depois da investida, todos eles com antecedentes criminais

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 13/02/2015 às 21:51
Foto: Sérgio Bernardo/ JC Imagem
Além do PM, outros três homens foram presos depois da investida, todos eles com antecedentes criminais - FOTO: Foto: Sérgio Bernardo/ JC Imagem
Leitura:

Um soldado do 13º Batalhão da Polícia Militar foi preso na tarde desta sexta-feira (13) após participar de um assalto a um depósito de bebidas localizado no Engenho Maranguape, em Paulista, Região Metropolitana do Recife. Além do PM, outros três homens foram presos depois da investida, todos eles com antecedentes criminais.

O soldado Marcus Diógenes Gonçalves da Silva, 26 anos, dirigia o veículo modelo Gol usado por Fabrício Pereira da Silva, 34, Luiz Henrique Machado Ferreira, 19, e Nelson Ivo Júnior, 28, para fugir após o roubo. Eles chegaram no depósito em duas motos, que foram abandonadas depois que R$ 50 e um celular foram roubados no estabelecimento.

“Uma pessoa viu o momento em que os homens largaram as motos e subiram no carro do policial. Pensando tratar-se de um sequestro, esse indivíduo acionou a polícia. Quando conseguimos abordá-los, descobrimos todo o esquema”, afirmou Valmir Nascimento, cabo do 17º BPM.

Com os suspeitos foram encontrados dois revólveres, uma pistola e uma espingarda. O policial nega participação no crime, mas os demais presos dizem que ele está envolvido no assalto. O caso será investigado pela Delegacia de Paulista.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias