NEGLIGÊNCIA

Menina de 2 anos é internada em Olinda com larvas na cabeça

A criança passou por cirurgia nesse domingo (22) e está sendo acompanhada pelo pai

JC Online
JC Online
Publicado em 23/10/2017 às 6:59
Foto: Fernando da Hora/JC Imagem
A criança passou por cirurgia nesse domingo (22) e está sendo acompanhada pelo pai - FOTO: Foto: Fernando da Hora/JC Imagem
Leitura:

Atualizada às 15h34

Uma criança de dois anos está internada no Hospital Tricentenário, em Olinda, no Grande Recife, após ser encontrada com larvas de mosca da cabeça, nesse domingo (22). A menor está sendo acompanhada pelo pai e não tem previsão de alta.

Segundo o Conselho Tutelar, a criança mora com a mãe e a irmã na periferia de Olinda, num imóvel aparentemente bem cuidado. "É um caso bem atípico. Os outros tinham relação com as condições de moradia. Nessa situação houve uma certa negligência. Ela relatou que estava cuidando, que chegou a levar a menina para o hospital antes mas teve que voltar no domingo", afirma o conselheiro tutelar Roberto Santana.

Um boletim de ocorrência será registrado na manhã desta segunda-feira (23) para apurar se houve negligência ou maus tratos. A mãe da menina pode responder por negligência. Este é o quarto caso deste tipo só este ano em Olinda. As vítimas estão sendo acompanhadas pelo conselho tutelar.

Larvas na cabeça

A Míliase é doença produzida pela infestação de larvas de moscas e teria começado depois do surgimento de piolhos na cabeça da menina. A criança foi submetida a um procedimento de limpeza e está sendo medicada na unidade de saúde. Sem previsão de alta, ela deve permanecer internada até, no mínimo, esta sexta-feira (27).

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias