VIOLÊNCIA SEXUAL

Policial aposentado é suspeito de estuprar filhas menores de idade em Olinda

As meninas têm entre 2 e 16 anos. A denúncia foi feita pela mais velha, que alegou ter sido violentada entre os 6 e 11 anos

Arlene Carvalho
Arlene Carvalho
Publicado em 07/11/2018 às 22:52
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
As meninas têm entre 2 e 16 anos. A denúncia foi feita pela mais velha, que alegou ter sido violentada entre os 6 e 11 anos - FOTO: Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

Um policial civil aposentado é suspeito de estuprar as filhas dentro de casa, em Olinda, Grande Recife. Segundo a conselheira tutelar Cláudia Roberta, a denúncia chegou ao Conselho Tutelar depois que a menina mais velha, de 16 anos, procurou a direção da escola onde estuda para dizer que tinha sido abusada quando criança. Ela suspeita que suas outras quatro irmãs estejam sofrendo a mesma violência.

“Ela disse que não falou nada antes pois tinha medo. Medo do pai fazer algo contra ela ou contra a mãe”, afirmou a conselheira tutelar. Segundo a adolescente, o crime aconteceu quando ela tinha entre 6 e 11 anos.

Casa de Acolhida

Devido à investigação, as cinco filhas do policial estão em uma casa de acolhimento. As meninas tem 2, 6, 11 e 15 anos, esta última tem uma deficiência, de acordo com Claudia Roberta. O pai delas ainda não foi ouvido pelo Conselho Tutelar. A mãe das crianças nega o crime.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias