TRÁFICO INTERNACIONAL

Venezuelano é preso no aeroporto do Recife com 69 cápsulas de cocaína no estômago

Segundo a PF, juntas, as cápsulas pesavam 930 gramas

JC Online
JC Online
Publicado em 29/10/2019 às 7:30
Foto: Divulgação/PF
Segundo a PF, juntas, as cápsulas pesavam 930 gramas - FOTO: Foto: Divulgação/PF
Leitura:

Um engenheiro venezuelano de 34 anos foi preso pela Polícia Federal (PF) por suspeita de tráfico internacional de drogas no aeroporto do Recife. Segundo a PF, Jeovanny José Ugueto Espinosa demonstrava nervosismo quando foi abordado pelos policiais e acabou confessando ter engolido 69 cápsulas de cocaína. A prisão aconteceu no sábado (26), mas os detalhes só foram divulgados na manhã desta terça-feira (29).

Após admitir ter ingerido a droga, o venezuelano foi levado para o Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, área central do Recife. Na unidade de saúde, o Jeovanny José foi medicado e expeliu as cápsulas que totalizavam 930 gramas da droga.

Após receber alta do HR, o suspeito foi levado à Superintendência da PF no Cais do Apolo, também na área central da capital pernambucana. Lá, o homem foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico internacional de drogas e em seguida foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde realizou exame de corpo de delito e depois foi levado para a audiência de custódia, que confirmou sua prisão preventiva.

Com a decisão, o estrangeiro foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife. Se condenado, Jeovanny José pode pegar penas que vão de cinco a quinze anos de prisão.

DESTINO DA DROGA

Segundo a PF, a droga seria levada para Paris, capital francesa. A corporação disse ainda que o suspeito informou ter sido aliciado por colombianos e que aceitou transportar a droga pela primeira vez por conta da sua condição financeira.

Últimas notícias