Bilheterias

'O Hobbit' continua a liderar bilheteria nos EUA no fim de semana

Em todo o mundo, "O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos" já faturou até agora cerca de US$ 960 milhões, o que equivale a R$ 2,6 bilhões

Da Folhapress
Da Folhapress
Publicado em 05/01/2015 às 13:15
Foto: Divulgação
Em todo o mundo, "O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos" já faturou até agora cerca de US$ 960 milhões, o que equivale a R$ 2,6 bilhões - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

Pelo terceiro fim de semana seguido, o último filme da trilogia "O Hobbit", dirigida por Peter Jackson, conquistou a maior bilheteria nos cinemas dos Estados Unidos e do Canadá deste fim de semana.

A estimativa é que o filme tenha faturado US$ 21,4 milhões (cerca de R$ 59 milhões) entre sexta (dia 2) e domingo (4), cerca de metade do que foi arrecadado no fim de semana passado. Os dados são do site Box Office Mojo.

Em todo o mundo, "O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos" já faturou até agora cerca de US$ 960 milhões, o que equivale a R$ 2,6 bilhões.

A segunda maior bilheteria do fim de semana foi de "Caminhos da Floresta", com US$ 19 milhões (R$ 51 milhões). O filme é uma adaptação do musical da Broadway de Stephen Sondheim sobre o lado obscuro dos contos de fada, com Meryl Streep, Emily Blunt e Johnny Depp no elenco. O longa estreia em 29 de janeiro no Brasil.

Já "Invencível", que também estreia nesse mês no Brasil, conquistou o terceiro lugar com US$ 18 milhões (R$ 49 milhões). Dirigido pela atriz Angelina Jolie, o drama ambientado durante a Segunda Guerra Mundial conta a história real do corredor olímpico Louis Zamperini ( 1917-2014), que ficou dois anos como prisioneiro de no Japão. O roteiro é dos irmãos Joel e Ethan Coen.

"A Mulher de Preto 2: O Anjo da Morte", que estreou nos EUA dia 2, faturou R$ 41 milhões, em quarto lugar; "Uma Noite no Museu 3: O Segredo da Tumba" faturou R$ 39 milhões, em quinto.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias