Gregório Duvivier escreve texto especial para Clarice Falcão

Coluna semanal do ator na Folha de São Paulo foi dedicada à ex-namorada. Eles reaparecem juntos em filme

Foto: Reprodução
Coluna semanal do ator na Folha de São Paulo foi dedicada à ex-namorada. Eles reaparecem juntos em filme - FOTO: Foto: Reprodução

As redes sociais nesta segunda-feira (12) amanheceram comentando a coluna do ator Gregório Duvivier, na Folha de São Paulo. O artista utilizou o seu espaço semanal no jornal para falar sobre seu relacionamento com Clarice Falcão de uma forma muito doce, do começo ao término.

"Conheci ela no jazz. Essa frase pode parecer romântica se você imaginar alguém tocando Cole Porter num subsolo esfumaçado de Nova York. Mas o jazz em questão era aquela aula de dança que todas as garotas faziam nos anos 1990 –onde ouvia-se tudo menos jazz". De acordo com o escritor, ele ia buscar a irmã na aula, e já observava a "desajeitada" Clarice. "Quando as meninas se jogavam no chão, ela ficava no alto. Quando iam pra ponta dos pés, ela caía de joelhos. Quando se atiravam pro lado, trombavam com ela que se lançava pro lado oposto", brinca Gregório.

A narrativa se desenvolve em torno de detalhes da relação, como preferências musicais e até pelo fato deles gostarem de assistir às mais diversas séries juntos.

Quando ele passa para falar do término da relação, Gregório foi bastante sincero: "Não foi fácil. Choramos mais que no final de How I Met Your Mother. Mais que no começo de Up. Até hoje, não tem um lugar que eu vá em que alguém não diga, em algum momento: cadê ela?".

CASAL NAS TELONAS

O título que Gregório deu à coluna: Desculpe o transtorno, preciso falar da Clarice, é uma referência ao longa Desculpe o Transtorno, gravado em 2014, quando ainda eram namorados, mas só chega nas telonas no próximo dia 15 de setembro. No elenco, além da dupla, há nomes como Dani Calabresa, Rafael Infante e participações de Marcos Caruso e Zezé Polessa. No longa, Gregório e Clarice dão vida ao casal Duca e Barbara.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias