CAIXA MULHERES

Caixa lança programa de incentivo para mulheres empreendedoras

Pacote de vantagens inclui linhas de capital de giro, de crédito e produtos de seguridades

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 19/11/2019 às 14:51
Notícia
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Pacote de vantagens inclui linhas de capital de giro, de crédito e produtos de seguridades - FOTO: Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Leitura:

A Caixa Econômica Federal lançou, nesta terça-feira (19), Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino, um pacote de vantagens para mulheres empreendedoras, denominado Caixa Mulheres. A ação é uma estratégia permanente de apoio e incentivo ao empreendedorismo feminino e abrange taxas diferenciadas no capital de giro, modalidade de crédito destinada às microempreendedoras, cartão de crédito com design especial e sem anuidade, além de outras vantagens. A iniciativa prevê ainda educação financeira e capacitação profissional voltadas para o público feminino.  

Incentivo ao empreendedorismo feminino

A Caixa reservou R$ 5 milhões para contratação de linha de capital de giro com recursos do PIS, com taxas disponíveis, a partir de 0,83% a.m para empresas com maioria societária feminina. 

Para o capital de giro com recursos Caixa, a taxa também foi reduzida e poderá ser contratada a partir de 1,43% a.m., com prazo máximo de 24 meses, representando queda de 0,16% em relação às taxas praticadas no balcão, como forma de incentivar as empreendedoras.

Crédito 

As microempreendedoras que estão iniciando suas atividades podem obter crédito com taxas de juros a partir de 1,99% a.m. em até 24 meses, em uma linha específica para esse segmento. 

Nessa modalidade, para as empreendedoras informais, o valor máximo é de R$ 5 mil, e para as empreendedoras formalizadas como MEI, o valor máximo é de R$ 10 mil. Para ter acesso à essas linhas, é preciso possuir conta corrente na Caixa e ter realizado uma capacitação negocial reconhecida pelo banco. Já foram identificadas mais de 350 mil mulheres que atendem essas condições na base de clientes ativos do banco. 

O banco ainda estuda o lançamento de novas linhas de crédito, visando atender todas as empreendedoras brasileiras.

Produtos de Seguridades

Os produtos de seguridade também oferecem condições exclusivas para as mulheres. A cliente que adquirir uma Previdência Mulher poderá fazer check-up anual com ginecologista credenciado e garantir R$ 50 mil extras em caso de gravidez de gêmeos ou trigêmeos para gestação concebida naturalmente, com carência de 280 dias.

No Seguro Auto Mulher, é possível contratar com isenção da franquia para primeiro sinistro, além de outros atrativos como troca de pneus, auxílio mecânico e reboque ilimitados, e também serviço de motorista sete vezes ao ano para condutoras. 

O Seguro Vida Mulher oferece isenção de pagamento em caso de diagnóstico de câncer feminino ou desemprego, orientação nutricional e descontos em farmácia.

Evento de lançamento 

O evento de lançamento do Caixa Mulheres aconteceu na manhã desta terça-feira, na Caixa Cultural Brasília e contou com a participação do presidente da Caixa, Pedro Guimarães, das palestrantes Ana Fontes, idealizadora da Rede Mulher Empreendedora, Janete Vaz, fundadora do Grupo Sabin, Renata Malheiros, coordenadora nacional de projetos de empreendedorismo feminino do Sebrae, Gabriela Mansur, promotora de justiça e criadora do blog Justiça de Saia, além de clientes empreendedoras ou que pensam em empreender. 

Para Guimarães, a ação destaca a importância do público feminino, que representa 52% dos clientes pessoa física da instituição, e ajuda a reforçar o protagonismo das mulheres na sociedade e no mercado de trabalho. “A Caixa já é signatária da carta de princípios de empoderamento feminino da ONU, a Women Emporwerment Principals (WEPs), e está entre as principais instituições financeiras a valorizar suas empregadas e clientes. Queremos trabalhar para aprimorar o relacionamento com as mulheres e elevar a sua participação a um patamar cada vez mais relevante em todas as esferas sociais”, ressaltou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias