Violência no futebol

Família pede doação de sangue para jovem baleado nos Aflitos

Lucas de Freitas Lyra, de 19 anos, está em estado grave no HR e precisa da solidariedade de todos

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 17/02/2013 às 12:11
Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Lucas de Freitas Lyra, de 19 anos, está em estado grave no HR e precisa da solidariedade de todos - FOTO: Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Leitura:

Atualizada às 15h

A família de Lucas de Freitas Lyra, de 19 anos, o torcedor alvirrubro atingido com um tiro na nuca na frente do Estádio do Aflitos, no sábado à noite (16/2), iniciou uma campanha nas redes sociais para doação de sangue para o jovem que continua internado em estado grave no Hospital da Restauração, no Derby, área central do Recife.

A doação pode ser feita de segunda a sábado, das 7h15 até as 18h30. O doador não precisa estar em jejum prolongado, basta ter feito uma refeição leve antes da doação. Precisa ter, no mínimo, 16 anos completos e pesar no mínimo 50 kg. O tipo sanguíneo não precisa ser compatível com o de Lucas, já que o sangue será substituído pelo compatível. As doações podem ser feitas no Hemocentro de Pernambuco (Hemope), na rua Joaquim Nabuco, 171, no bairro do Derby, na área central da capital pernambucana

Lucas passou por uma cirurgia para a retirada da bala e permanece em observação no HR. A confusão começou quando torcedores do Sport, que saíram da Ilha do Retiro, após o jogo contra o Campinense, passavam em frente ao Náutico, em um ônibus. Houve troca de insultos e torcedores do Náutico jogaram pedras contra o veículo. Segundo testemunhas, um homem que estava em um carro atrás do ônibus, com uma camisa preta escrito "apoio", desceu do veículo e atirou na nuca do jovem.

O caso foi encaminhado a Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa, DHPP, que vai solicitar as imagens das câmeras do Centro integrado de Operações de Defesa Social (Ciods) para tentar identificar o homem que disparou contra os torcedores do Náutico.

sangue

MAIS VIOLÊNCIA - Além do torcedor alvirrubro Lucas de Freitas Lyra, de 19 anos, outro jovem com a mesma idade, Vinícius Gonçalves Caminha, torcedor do Sport, também deu entrada no Hospital da Restauração na noite desse sábado (17), após ser ferido a pedradas durante um suposto confronto entre torcidas na Avenida Agamenon Magalhães, no Recife. 

A assessoria de imprensa do hospital informou que Vinícius recebeu alta na manhã deste domingo (17) e já está em casa, porém não informou detalhes sofre os ferimentos. 

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias