seleção brasileira

Tite define Casemiro como capitão da seleção contra o Panamá

A seleção brasileira enfrentará o Panamá neste sábado, às 14h, em amistoso preparatório para a Copa América

Gabriela Máxima
Gabriela Máxima
Publicado em 22/03/2019 às 9:36
Lucas Figueiredo/CBF
A seleção brasileira enfrentará o Panamá neste sábado, às 14h, em amistoso preparatório para a Copa América - FOTO: Lucas Figueiredo/CBF
Leitura:

O técnico Tite definiu nesta sexta-feira que o volante Casemiro, do Real Madrid, será o capitão da seleção brasileira no amistoso deste sábado contra o Panamá, no estádio do Dragão, na Cidade do Porto, em Portugal. Depois da Copa do Mundo da Rússia, o treinador efetivou Neymar com a faixa, mas essa será a primeira partida sem o atacante, que se recupera de uma lesão no pé direito e não foi convocado.

Esta não será a primeira vez de Casemiro com a braçadeira de capitão na seleção brasileira. Em 2017, contra a Bolívia, em La Paz, em jogo válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia, ele também foi o escolhido. Na época, Tite ainda fazia um rodízio no posto.

RECONHECIMENTO

Casemiro terá a oportunidade de ser capitão justamente em um palco que conhece muito bem. Entre 2014 e 2015, depois de deixar o São Paulo, o volante defendeu o Porto, clube que manda suas partidas no estádio do Dragão. De Portugal, o brasileiro seguiu para o Real Madrid, onde é um dos destaques nas últimas temporadas.

Em campo, Casemiro estará em um time que terá jogadores sendo testados por Tite para a disputa da Copa América. A provável escalação é: Ederson; Fagner, Eder Militão, Miranda e Alex Telles; Casemiro; Arthur, Lucas Paquetá, Philippe Coutinho e Richarlison; Roberto Firmino.

O amistoso deste sábado, no estádio do Dragão, está marcado para as 14 horas (de Brasília). Logo após a partida, o Brasil segue para Praga, capital da República Checa. Na próxima terça-feira, a seleção enfrentará o time da casa, na Eden Arena, às 16h45.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias