ELIZA SAMÚDIO

'Se eu pudesse voltar atrás, faria tudo diferente', diz goleiro Bruno

Arrependido, Bruno afirmou que um dia quer 'ter oportunidade de explicar toda a situação' para o filho e para a mãe de Eliza Samúdio

Thalis Araújo
Thalis Araújo
Publicado em 24/01/2020 às 20:57
Notícia
Foto: Reprodução/RecordTV
Arrependido, Bruno afirmou que um dia quer 'ter oportunidade de explicar toda a situação' para o filho e para a mãe de Eliza Samúdio - FOTO: Foto: Reprodução/RecordTV
Leitura:

Neste domingo (26), vai ao ar, no programa Domingo Espetacular, da RecordTV, uma entrevista reveladora concedida pelo goleiro Bruno, condenado pelo assassinato de Eliza Samúdio. O caso completa dez anos em 2020. "Se eu pudesse voltar atrás, e tivesse o meu domínio, sabe? Eu faria tudo diferente. Começaria tudo diferente. Toda a história, que surgiu quando ela falou pra mim e falou que estava grávida. Eu faria tudo diferente", confessou. O programa começa às 19h45.

>> Apresentadora da Bahia critica possibilidade de contratação do goleiro Bruno pelo Fluminense de Feira: 'Isso é moral?'

>>  Manifestação contra contratação do goleiro Bruno marca estreia do Operário-MT

Bruninho

O goleiro Bruno ainda falou sobre o filho, dizendo que ele nunca foi o problema e que tem interesse de falar sobre o caso com ele. "A criança nunca foi o problema da situação do crime. O Bruninho nunca foi o problema. Nunca foi pensão alimentícia. A situação vai muito mais além do que você possa imaginar", argumentou. "A única coisa que eu posso te falar, posso te afirmar, é que um dos maiores desafios da minha vida, e eu peço a Deus sabedoria, é, de um dia, eu ter a oportunidade de explicar toda a situação para o Bruninho. Eu ter a oportunidade de explicar toda a situação para dona Sônia", desabafou.

Além de entrevistar Bruno, a equipe do Domingo Espetacular ainda promete refazer os últimos passos de Eliza Samúdio e mostrar a luta de Sônia Moura, mãe da modelo, por justiça.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias