OPINIÃO

Carlyle Paes Barreto: Extinção de organizadas é primeira batalha vencida numa guerra maior

Para combater a violência, porém, é preciso prender os vândalos e seguir fiscalizando os grupos

Marcos Leandro
Marcos Leandro
Publicado em 18/02/2020 às 17:56
Artigo
Guga Matos/Acervo JC Imagem
Para combater a violência, porém, é preciso prender os vândalos e seguir fiscalizando os grupos - Guga Matos/Acervo JC Imagem
Leitura:

A extinção das maiores torcidas organizadas do Recife é apenas um passo no combate à violência no futebol. Falta, agora, prender os vândalos e seguir fiscalizando os grupos. Que não vão parar por conta da decisão judicial.

>> Torcida Jovem, Inferno Coral e Fanáutico são extintas pela Justiça

>> Vídeo mostra briga entre torcidas organizadas, na Avenida Norte

>> Veja o Dossiê das organizadas 

Se as gangues criminosas migraram ou não dos bailes funk, o certo é que tomaram corpo com o guarda-chuva do futebol. Ou das uniformizadas. E dificilmente irão ser pulverizadas. Mesmo com sedes fechadas, CNPJ cancelado e, consequentemente, sem suas lojas oficiais.

>> Presidente da FPF sobre extinção das organizadas: "Não havia forma de recuperação"

>> Bivar sobre extinção das torcidas uniformizadas: "Sport dará total apoio para que a decisão seja cumprida"

>> Constantino Júnior, do Santa Cruz, não crê em solução definitiva com fim das organizadas

>> ''Decisão correta, mas não basta'', diz vice do Náutico sobre organizadas

O problema é que o empreendedorismo dos grupos vai além da formalidade. Vão seguir nas periferias, no mercado negro, como sempre atuaram. E se aproveitando de jogos de futebol para promover badernas. Marcando briga com rivais, assaltando.

>> Sociólogo avalia que extinção de organizadas não é suficiente contra violência

Seria aí o segundo passo do combate. Prender os vândalos. E já atento numa possível refundação, como ocorreu em São Paulo. Bastaria mudar de nome para voltar à formalidade. Olho neles!

Responda a enquete

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias