CARTILHA

Náutico lança campanha de boas maneiras dentro do estádio

Diretoria do clube quer que o seu torcedor tenha consciência de como agir para não prejudicar o clube

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 19/10/2016 às 10:03
Foto: JC Imagem
Diretoria do clube quer que o seu torcedor tenha consciência de como agir para não prejudicar o clube - FOTO: Foto: JC Imagem
Leitura:

Depois do incidente ocorrido na vitória por 1x0 sobre o Ceará, no último sábado, na Arena de Pernambuco, pela 31ª rodada da Série B do Brasileiro, em que alguns torcedores alvirrubros arremessaram latas e copos com cerveja em direção ao gramado, além de uma pessoa invadir o campo no fim da partida, o Departamento de Marketing e Comunicação do Náutico lançou a campanha “Orgulho de Ser Alvirrubro”, uma ação que tem por objetivo estimular o torcedor timbu a ter boas maneiras dentro dos estádios de futebol.

“A ideia dessa campanha é justamente conscientizar o torcedor sobre questões importantes, que fazem a festa no futebol ficar ainda mais bonita. Queremos que o torcedor se orgulhe não só de torcer pelo Náutico, mas também de ser a torcida mais consciente do Brasil”, destacou o vice-presidente de Marketing e Comunicação do Náutico, Kléber Medeiros, em nota divulgada no site oficial do clube.

A campanha visa deixar claro para o torcedor de que certas atitudes que ele toma nas arquibancadas podem prejudicar o clube, inclusive, com a perda do mando de campo ou jogar com portões fechados, assim como multas.

RELATO

Diante dos cearenses, o árbitro da partida, João Batista de Arruda, relatou na súmula da partida que “aos 25 minutos do segundo tempo, recolhi uma lata de cerveja vazia, onde se encontrava o goleiro da equipe do Ceará, não atingindo ninguém, a mesma caiu dentro da meta. O objeto foi arremessado para dentro do campo de jogo vindo do setor norte da torcida mandante (Náutico)”. Ao final do texto, o árbitro informou que o torcedor foi reconhecido e ele vai responder pelo ato. Como quem jogou a lata foi identificado, o clube não corre risco de ser punido.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias