DE SAÍDA

Marco Antônio é o quarto atleta a deixar o Náutico em 10 dias

O meio-campista esteve reunido com a diretoria alvirrubra para definir a sua rescisão contratual

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 11/05/2017 às 15:03
Foto: JC Imagem
O meio-campista esteve reunido com a diretoria alvirrubra para definir a sua rescisão contratual - FOTO: Foto: JC Imagem
Leitura:

 O que era previsto, se confirmou. O meia Marco Antônio encerrou o seu ciclo no Náutico. O agora, ex-capitão alvirrubro, conversou com a diretoria timbu nesta quinta-feira para resolver as pendências que o clube tinha com ele e para definir o seu futuro. Nessa reunião, as duas partes chegaram a um acordo para que o meio-campista pudesse ir em busca de outras oportunidades.

"Conversei hoje cedo com a diretoria e chegamos a um acordo, ainda que verbal, pelo fim dessa minha passagem no Náutico", disse Marco. "Eles me propuseram uma situação que não seria de redução, mas sim na forma de pagamento. Como já tenho muita coisa para trás que está pendente, não teria como aceitar e seguir no clube", contou.

Com a camisa 10 do Náutico, Marco Antônio disputou 26 partidas e cinco gols. "Foi uma reunião amistosa e bastante respeitosa, tanto da minha parte quanto da diretoria", declarou o meia, que confessa sair sem nenhuma mágoa do clube.

Antes de Marco, o meia Dudu, o lateral-esquerdo Giovanni e o zagueiro Éwerton Páscoa já haviam deixado o clube. O técnico Milton Cruz e o seu auxiliar Ivan Izzo foram dispensados devido ao salário fora da realidade financeira que o Náutico terá daqui pra frente.

MAYLSON

A reportagem do JC também procurou Maylson para saber de seu futuro no Náutico. De acordo com o meio-campista, a diretoria alvirrubra ainda não o procurou. "Não tem nada definido ainda. Estou aguardando o clube me passar algo, mas já estou conversando com meu empresário", disse o meia, dando a entender que já está procurando outras possibilidades.

Últimas notícias