Adeus

Emocionado, Amaral se despede do Náutico: 'carinho imenso'

Ao JC, volante confirmou saída e agradeceu o carinho da torcida

Diego Toscano
Diego Toscano
Publicado em 27/11/2017 às 20:02
Léo Lemos/ Náutico
Ao JC, volante confirmou saída e agradeceu o carinho da torcida - FOTO: Léo Lemos/ Náutico
Leitura:

Principal peça do Náutico na Série B, Amaral não fica em 2018. Em entrevista ao JC, o volante confirmou que está de saída do clube da Rosa e Silva. Emocionado, o jogador falou sobre o carinho que criou pelo Timbu, fez uma análise da sua temporada e pediu desculpas para a torcida pelo rebaixamento.

"Tive uma conversa com meu empresário, Ítalo (Rodrigues, gerente de futebol) e Diógenes (Braga, vice-presidente). Nela, agradeci o clube por tudo que fizeram por mim, pela oportunidade que me deram. Realmente estou de saída, e só tenho que pedir desculpas para os torcedores, que sempre me apoiaram. Dei meu máximo e me entreguei, mas peguei o Náutico na Série B e infelizmente acabamos caindo", afirmou o volante.

Campeão gaúcho pelo Novo Hamburgo e com 35 partidas pelo Náutico na Série B, sendo 33 como titular, Amaral afirmou que 2017 foi o melhor ano da sua carreira. Até por isso, não ter evitado o rebaixamento do Timbu frustrou o jogador, que se emocionou ao falar do clube. "O ano foi maravilhoso, o melhor que já vivi na carreira. Mesmo assim, fico chateado pelo rebaixamento. Tive uma identificação muito grande aqui. Vou ficar na torcida. Só tenho a agradecer aos funcionários do clube, que me receberam super bem. É até difícil falar nessas horas. Criei um carinho imenso pelo Náutico e não foi uma decisão fácil", disse.

FUTURO

De férias, Amaral quer curtir a família e só depois falar sobre o seu futuro. "Tenho algumas propostas, mas agora vou pra casa, descansar e aproveitar as férias. Depois, acredito que até ainda nessa semana, começa a definir algumas situações, pra onde vou em 2018", finalizou.

Últimas notícias