TIMBU

"Márcio Goiano está compromissado com o clube", diz dirigente do Náutico

Com os resultados negativos no início da temporada, alguns torcedores têm contestado a permanência do treinador

Maria Lua
Maria Lua
Publicado em 29/01/2019 às 12:52
Foto:
Com os resultados negativos no início da temporada, alguns torcedores têm contestado a permanência do treinador - FOTO: Foto:
Leitura:

Com pressão iniciada por parte dos torcedores do Náutico a diretoria alvirrubra conversou com o técnico Márcio Goiano e com o elenco do Timbu para dar continuidade ao trabalho. As cobranças da torcida sugerem, inclusive, novas contratações, sobretudo do setor mais contestado até então: a defesa. Isso se deve ao fato de que nos quatro jogos oficiais que o time realizou em 2019 (um pela Copa do Nordeste e três pelo Campeonato Pernambucano), em apenas um não sofreu gols, e nos demais foram oito, resultando em uma média de dois tentos por partida.

"Márcio Goiano está compromissado com o projeto do clube. Em momento algum ele está na iminência de sair ou qualquer coisa parecida. Muito pelo contrário. Ele tem total confiança da diretoria do clube. Os jogadores e o elenco do Náutico também", afirmou Edno Melo em entrevista a Ralph de Carvalho, para a Rádio Jornal, na manhã desta terça-feira (29).

O mandatário alvirrubro esboçou otimismo em relação à próxima sequência do Náutico. Principalmente pelo fato de que o próximo jogo será em casa. "E eu tenho certeza que a partir de amanhã vamos ver um outro Náutico dentro de campo, e vamos conseguir encaixar esse grupo e engatar uma sequência de vitórias para dar a calmaria que a gente precisa", disse. E continuou, fazendo um pedido à torcida. "Convoco a torcida para que amanhã dê apoio ao Náutico, apoie os jogadores. Sabemos que está sendo um início ruim. Está sendo uma tabela complicada. Pegamos logo os dois jogos com Sport e Central, além de um jogo em casa com um time de Série A. Não é desculpa, mas serve para abrirmos os olhos de como está difícil a competição".

Evolução

Edno Melo enxerga de forma natural o início da temporada em processo evolutivo, e não com um time pronto. "No começo de temporada, os jogadores oscilam realmente. Tivemos uma conversa com o elenco e com o técnico. Ele está muito compromissado com o clube e com a torcida, com projeto de um Náutico vencedor. E mais do que explicações, eles querem dar respostas dentro de campo. A diretoria por sua vez, demonstrou alinhamento total com futebol, comissão técnica, elenco, e total confiança de que vamos reverter esse quadro", afirmou.

A partida que o clube pretende reverter os resultados desfavoráveis deste início de temporada acontece já nesta quarta-feira (30), quando o Náutico recebe o Petrolina nos Aflitos, pela terceira rodada do Campeonato Pernambucano. O jogo acontecerá às 20h30.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias