Alvirrubro

Pela primeira vez, Aflitos receberá jogo da Seleção Brasileira

Equipe da categoria Sub-23 segue a sua preparação para o Torneio Pré-Olímpico, que acontecerá em janeiro

JC Online
JC Online
Publicado em 08/10/2019 às 11:22
Notícia
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Equipe da categoria Sub-23 segue a sua preparação para o Torneio Pré-Olímpico, que acontecerá em janeiro - FOTO: Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Leitura:

Agora sem jogos oficiais do time principal do Náutico até o fim do ano, o estádio dos Aflitos se torna, nesta semana, a casa da Seleção Olímpica para amistoso contra a Venezuela. A partida acontece na quinta-feira (10) às 21h30. Depois disso, o time verde e amarelo ainda vai encarar o Japão, às 16h da próxima segunda-feira (14) na Arena de Pernambuco.

O Eládio de Barros Carvalho receberá, pela primeira vez, um jogo da Seleção Brasileira em qualquer categoria. E o palco alvirrubro pode ser um talismã para a Canarinho. Além disso, o jogo pode ser uma forma de reconhecimento a todo o trabalho feito para que o estádio voltasse a receber jogos oficiais. Fez um bem enorme ao Náutico, tanto que o Timbu coroou seu retorno à Série B, e pode passar a mesma “mística” para o Brasil.

Os ingressos para assistir a partida custam R$ 15 (meia) e R$ 30 (inteira) para a arquibancada e R$ 25 (meia) e R$ 50 (inteira) para o setor de cadeiras. Ao todo, foram oito jogos da categoria Sub-23 aqui em Pernambuco, sendo sete no Arruda e um na Ilha do Retiro. O retrospecto é bom, com seis vitórias, um empate e uma derrota, segundo dados levantados pelo jornalista Cassio Zirpoli em seu blog.

NOMES CONHECIDOS

A Seleção convocada pelo técnico André Jardine segue a sua preparação para o Torneio Pré-Olímpico, a ser disputado em janeiro, na Colômbia. Entre os principais nomes, se destacam os atacantes Rodrygo (Real Madrid), Pedro (Fiorentina), Matheus Cunha (RB Leipzig) e Paulinho (Bayer Leverkusen). Entre os que atuam no futebol brasileiro, Bruno Guimarães (Athletico) e Pedrinho (Corinthians) são os nomes mais badalados. De última hora, o treinador precisou cortar o ponta Malcom, atleta do Zenit e ex-Barcelona, por conta de lesão muscular na coxa. Para o seu lugar, Bruno Tabata, avançado do Portimorense, foi o escolhido.

Do meio para frente, o Brasil tem um time leve, com grandes promessas que tem potencial de estar na equipe principal nos próximos anos. No Pré-Olímpico, a Seleção buscará a classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, para conquistar novamente a medalha de ouro no torneio, que veio pela primeira vez no Rio de Janeiro, em 2016.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias