Vôlei

Náutico estreia na Superliga C de vôlei feminino

Alvirrubras vão enfrentar a Associação K2, de Goiás

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 24/10/2018 às 15:09
Divulgação
Alvirrubras vão enfrentar a Associação K2, de Goiás - FOTO: Divulgação
Leitura:

O Náutico Vôlei Melko/Uninassau estreia nesta quarta-feira (24) na primeira edição da Superliga C de Vôlei feminino. Como o Recife é uma das três sedes do evento, as alvirrubras fazem a primeira partida na competição que dá acesso à Segunda Divisão do torneio,  na quadra da Uninassau, na Madalena, Zona Oeste da cidade, às 19h. O adversário será o time goiano da Associação K2, que, na última terça (23), perdeu para a Associação Francana (SP) por 3 sets a 1 na estreia.

A equipe pernambucana está no Grupo A, ao lado das adversárias da estreia e do time de Franca. No B ficaram APCEF (DF), Flamengo (RJ) e Associação de Gestores Esp.Entretenimento (SP). Os primeiros colocados de cada Chave se classificam para a Superliga B em 2019. As cidades de Ponta Grossa e Londrina, ambas no Paraná, recebem um grupo cada.

COMANDO

A equipe do Náutico será comandada por Adalberto Nóbrega que, há cinco anos, esteve à frente do Sport/BMG na edição principal do torneio. Outras remanescente é a líbero Andrea Silva. O time é todo formado por jogadoras universitárias, que se dividem entre os estudos, trabalho e treino. Para fazer frente às adversárias, as pernambucanas intensificaram o ritmo de treinamentos. "Passamos a treinar de três a seis vezes por semana", contou Adalberto. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias