VITÓRIA

Martine e Kahena são campeãs no Pan e brasileiros levam mais 2 ouros na vela

As atletas haviam sido medalhistas de prata nos Jogos Pan-Americanos de 2015

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 10/08/2019 às 18:36
Notícia
Foto: Jonne Roriz/COB
As atletas haviam sido medalhistas de prata nos Jogos Pan-Americanos de 2015 - FOTO: Foto: Jonne Roriz/COB
Leitura:

Atuais campeãs olímpicas, Martine Grael e Kahena Kunze confirmaram o favoritismo e conquistaram neste sábado (10) a medalha de ouro da classe 49er FX nos Jogos Pan-Americanos de Lima. Para isso, bastou a elas a terceira colocação na medal race, realizada na Baía de Paracas. Bruno Lobo e Matheus Dellagnelo também foram campeões.

Martine e Kahena haviam sido medalhistas de prata no Pan de 2015, mas agora faturaram o ouro com uma campanha impecável, sempre vencendo ou sendo as segundas colocadas nas 12 regatas que antecederam a medal race, da qual só precisaram participar para assegurarem a conquista.

A dupla norte-americana composta por Stephanie Robe e Margaret Shea levou a prata, enquanto as argentinas Victoria Travascio e Sol Branz, que venceram a medal race, ficaram com o bronze.

Conquistas

Outro ouro conquistado pelo Brasil neste sábado na vela do Pan foi para Bruno Lobo, na Fórmula Kite. Ele venceu as três regatas do dia pela categoria, que fez a sua estreia no programa do Pan, assegurando a conquista. No pódio, ele teve a companhia do uruguaio Nicolas Andauer, prata, e do norte-americano William Cyr, o terceiro. E Matheus Dellagnelo levou o bicampeonato do Pan na Sunfish após terminar em segundo lugar na medal race.

O Brasil também assegurou a prata na classe Lightning com o trio composto por Julio Biekarck, Isabel Ficker e Gunnar Ficker. Eles ficaram em terceiro lugar na medal race, vencida pelos argentinos Javier Conte, Paula Salerno e Ignacio Giammona que já estavam na liderança da classificação geral e faturaram o ouro.

Juliana Duque e Rafael Martins asseguraram o bronze na classe Snipe após ficarem na segunda posição na medal race. Os norte-americanos Ernesto Rodriguez e Hallie Schiffman levaram o ouro e os uruguaios Ricardo Fabini e Florencia Parnizari ficaram com a prata.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias